Marco Antônio Moreira

CINENEWS

Presidente da Associação dos Críticos de Cinema do Pará (ACCPA), membro-fundador da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e membro da Academia Paraense de Ciências (APC). Doutorando em Artes pelo PPGARTES/UFPA; mestre em Artes pela UFPA. Professor de Cinema em várias instituições de ensino (UFPA, IESAM, CAIANA FILMES, SESC, EMATRA, FIBRA e Casa das Artes) e coordenador-geral do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC). Crítico de cinema na revista Troppo (O Liberal) e apresentador do programa Atualidades Cinematográficas (Rádio Liberal AM).

Filme alemão inédito e sessões cineclubistas são as indicações de MAM

Longas serão exibidos no Cine Olympia, Cineclube Alexandrino Moreira e Cine SINDMEPA

Marco Antonio Moreira

"Fukushima, Meu Amor"

O cinema alemão sempre merece atenção pela qualidade de seus cineastas. Esta semana temos a oportunidade de assistir mais um bom trabalho desta cinematografia. Lançado em 2016, “Fukushima, Meu Amor” foi filmado em preto e branco e é inevitável relacionar questões poéticas do filme com o clássico “Hiroshima, Meu Amor” (1959) de Alain Resnais, obra prima do cinema que tem como tema as consequências humanas da bomba atômica lançada em Hiroshima e Nagasaki.

O filme teve sua estreia no festival de Berlim e conta a história de uma jovem que ruma ao Japão, para ajudar os que sofreram com o acidente nuclear de Fukushima, onde conhecerá uma mulher mais velha que decide regressar à localidade afetada. O acidente em Fukushima foi um piores acidentes nucleares ocorridos no mundo e aconteceu em março de 2011 com várias vítimas. A cineasta Doris Dörrie tem bons filmes na sua carreira, especialmente “Hanami - Cerejeiras em Flor” (2007). A exibição do filme no Cinema Olympia tem o apoio do Instituto Goethe/SP.

Onde: Cinema Olympia
Quando: até dia 18 de setembro. Entrada franca.

"A Flor do meu segredo"

Pedro Almodóvar tem filmografia com belos filmes, mas alguns trabalhos ficaram incógnitos do público entre tantos sucessos de sua carreira. “A Flor do meu Segredo”, realizado em 1995, é um dos trabalhos menos conhecidos do cineasta espanhol, mas um dos filmes mais humanista de sua carreira. Neste filme encontramos personagens simples que mentem para si, tentam sobreviver entre hipocrisias, fingem que está tudo bem em suas vidas e que enfrentam fragilidades diante das rotinas de vida.

Assim como “Kika”, seu filme anterior, nesta produção encontramos personagens humanos, possíveis, em carne viva, em seus mundos, em um processo de achados e perdidos pessoais. E como é bom assistir um filme tão realista! “A Flor do meu Segredo” está em exibição como homenagem da Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA) ao cineasta Pedro Almodóvar. Vale conferir.

Onde: Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes)
Quando: segunda-feira, 16, às 19h. Entrada franca.

 
"Último Tango em Paris"

Bernardo Bertolucci realizou, no início dos anos 1970, seu filme mais polêmico. Com Marlon Brando e Maria Schneider, “Último Tango em Paris” foi proibido em diversos países, incluindo o Brasil. Algumas cenas do filme incomodaram censores e mercado de exibição em um período difícil para alguns cineastas e roteiristas. Mas a história de amor e sexo entre um improvável casal marcou gerações de cinemaníacos que enxergaram atrevimento e inteligência na abordagem sobre desejos e necessidades de dois personagens perdidos e em busca de si próprios.

Novas polêmicas cercaram o filme nos últimos anos e discussões que o filme provocou, anos atrás, ainda merecem atenção.

Onde: Cine SINDMEPA (Sindicato dos Médicos do Pará) - Rua Boaventura da Silva, 999
Quando: terça-feira, 17, às 19h. Entrada franca. 

Marco Antônio Moreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!