Marco Antônio Moreira

CINENEWS

Presidente da Associação dos Críticos de Cinema do Pará (ACCPA), membro-fundador da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e membro da Academia Paraense de Ciências (APC). Doutorando em Artes pelo PPGARTES/UFPA; mestre em Artes pela UFPA. Professor de Cinema em várias instituições de ensino (UFPA, IESAM, CAIANA FILMES, SESC, EMATRA, FIBRA e Casa das Artes) e coordenador-geral do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC). Crítico de cinema na revista Troppo (O Liberal) e apresentador do programa Atualidades Cinematográficas (Rádio Liberal AM).

Cine UFPA

Marco Antônio Moreira

O projeto da construção de uma sala de cinema no campus Guamá da Universidade Federal do Pará é uma das melhores notícias dos últimos anos no circuito exibidor cinematográfico e universitário paraense. Quem aprecia o Cinema como arte relevante para a sociedade, ficará satisfeito com essa informação e pela importância do projeto, conversei com o reitor da UFPA, o professor Emmanuel Tourinho, a respeito. Aliás, é preciso que se diga da felicidade que eu, Marco Antônio, tenho de participar deste momento histórico, como crítico de Cinema, juntamente com a colega Jorane Castro (UFPA) e o colega catarinense, Alfredo Manevy.

Segundo ele, o projeto resulta do diálogo estabelecido entre a UFPA e a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), buscando promover maior acesso da comunidade universitária ao cinema. "Começamos com o Cine Clube UFPA uma programação de exibições seguidas de debates, realizadas no Centro de Eventos Benedito Nunes, para o qual adquirimos equipamentos novos de som e projeção. Naquele momento, estávamos trabalhando no projeto da nova Livraria e da sede da Editora da UFPA, junto com a equipe da EDUFPA. Em algum momento dessa interação, pensamos em ter um complexo cultural mais completo, compreendendo a Livraria, a Editora e o Cinema da UFPA. O entusiasmo com a ideia esbarrava, porém, na falta de recursos para a obra. Passamos a negociar e, ao final, a obra foi viabilizada com emendas parlamentares, além de recursos da própria universidade", afirma Tourinho.

O passo mais importante já foi dado e detalhes, como o uso da sala serão, definidos adiante. A proposta inicial é de que o Cine UFPA seja usado para atividades didáticas, pela manhã, e para exibições ao público interno e externo, nos turnos da tarde e da noite. A sala deve integrar o circuito alternativo de cinema da cidade de Belém, abrindo espaço para filmes que não são exibidos em outros lugares, dentre brasileiros e estrangeiros. "Também será um ambiente para exibir as produções de nossos docentes vinculados à Faculdade de Artes Visuais. Nossa expectativa é que este projeto enriqueça a formação dos discentes da UFPA e contribua de modo mais amplo com a agenda de arte e cultura em Belém", pontua o reitor da UFPA.

Ele explica ainda que o novo projeto contará ainda com um Conselho Consultivo para assessorar a Direção do Cinema, constituído por membros da comunidade acadêmica, além de colaboradores externos. "A programação deverá refletir, entre outros, o apoio e o estímulo aos produtores locais de obras audiovisuais. O cinema receberá mostras e festivais, a exemplo do 'Toró – Festival Audiovisual Universitário de Belém', organizado pelo Núcleo de Produção Audiovisual (NUPA), projeto de extensão do curso de Cinema e Audiovisual da UFPA. No futuro, pretendemos que o Cinema seja parte de um projeto maior: a criação de uma Rede Universitária de Cinema", finaliza Tourinho.

O Cine UFPA terá, aproximadamente, 170 lugares e será construído em área próxima à Biblioteca Central. Certamente será uma referência de exibição cinematográfica em nossa cidade. A reitoria fará uma sessão de apresentação do projeto do Cine UFPA, amanhã, segunda-feira, dia 17/02, às 10 h, na UFPA, no terceiro andar do prédio da reitoria. 

Parabéns à UFPA!

Marco Antônio Moreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!