Webcelebridade é morta em operação da PM após sair de baile funk

Além de 'Bunitinho', outras três pessoas foram baleadas e também morreram

Redação Integrada com informações de UOL

Diego de Farias Pinto, conhecido na internet como "Bunitinho", morreu na madrugada desta quinta-feira (5) após sair de um baile funk na comunidade do Morro do Dendê, na Ilha do Governador (RJ). Ele foi baleado durante uma operação da Polícia Militar. Além dele, outras três pessoas foram baleadas e também morreram.

Conhecido pelo sorriso no rosto, "Bunitinho" ficou famoso nas redes sociais no ano passado por protagonizar diversos memes. O "Sextou" e "Bunitinho", de sua própria autoria, eram os memes mais conhecidos. Seu perfil no Instagram tinha 440 mil seguidores e no YouTube, 99 mil. Após a divulgação de sua morte, os números não param de subir.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ele não é mole 🤣🤣🤣 não queria ir🤦🏽‍♂ falou de mulher ,esqueciii ,já disse que vai.

Uma publicação compartilhada por Bunitinho oficial Ⓜ️😉😎😜😁 (@jamelaobuiu) em

Operação e feridos

De acordo com a PM, houve uma ação do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) contra lideranças do tráfico na comunidade. Após a chegada da equipe, houve confronto. Depois de cessarem os disparos, os policiais encontraram o carro onde estava "Bunitinho" e mais três pessoas, ainda não identificadas oficialmente.

As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Municipal Evandro Freire, mas nenhuma resistiu.

Segundo a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro, o humorista chegou ao local com vida, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória e morreu no hospital. 

Um policial do BOPE também ficou ferido e foi levado com vida ao Hospital Central da Polícia Militar.

A PM informou, por meio de nota, que recebeu informações do setor de inteligência de que haveria essa reunião de lideranças do tráfico no local e, por isso, invadiu a comunidade. Bunitinho teria sido convidado para o aniversário do chefe do tráfico na região, conhecido como "Chapola", em um baile funk na madrugada. 

De acordo com a Polícia Civil, já foi realizada perícia no local e no veículo em que estavam as vítimas. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) deve investigar o caso.

No Twitter, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel se pronunciou dizendo que determinou "apuração rigorosa" sobre as mortes.

Ainda não há informações sobre o velório e enterro de "Bunitinho". Nas redes sociais, famosos lamentaram sua morte.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL