Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Varíola dos Macacos: Piauí investiga primeiro caso suspeito

O caso está sendo investigado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Piauí

Juliana Maia

A Secretaria de Estado de Saúde do Piauí (Sesapi) informou nesta quinta-feira (23)  que o Piauí possui o primeiro caso suspeito de monkeypox, conhecido como “varíola dos macacos”. Segundo a Sesapi, trata-se de uma mulher, residente do Piauí, que teve contato com pessoas de outros estados.

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: transmissão, sintomas, vacina e suspeita da doença em estado na divisa do Pará
No último dia 8, o Brasil confirmou o primeiro caso da variante no país

Varíola dos macacos: Ministério da Saúde confirma 11 casos no Brasil; veja os Estados afetados
Doença endêmica na África Ocidental e Central raramente se espalhava para outros continentes

Varíola dos macacos: 'bolhas não param de doer', relata mulher que está com suspeita da doença
Moradora de Itaguaí, a moça suspeita ter contraído o vírus na própria cidade; ela cumpre isolamento domiciliar e aguarda diagnóstico

Até o momento, a Sesapi divulgou que a paciente desenvolveu sintomas característicos da doença, como dores musculares, febre e bolhas no corpo. 

Amélia Costa, coordenadora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Piauí (Cievs), disse que entre as principais medidas de controle estão o isolamento dos doentes e rastreamento de pessoas que tiveram contato recente com o infectado. "Além da utilização de equipamentos de proteção individual pelos doentes e por parte dos profissionais de saúde ou cuidadores dos casos", disse a coordenadora.

"O Piauí já tem um plano de contingência para identificação, rastreio e atendimento aos casos", informou a assessoria da Secretaria de Saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, foram confirmados 11 casos da doença no Brasil, sendo sete em São Paulo, dois no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul. Outros dez casos suspeitos estão sob investigação.

(Estagiária Juliana Maia, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL