Tecnologia 5G deve chegar em Belém e outras capitais do Norte em outubro

Manaus, Rio Branco, Porto Velho e Macapá também receberão a tecnologia na mesma data; mudança chega após diversos adiamentos

Gabriel Mansur

A tecnologia de quinta geração para redes móveis e banda larga, conhecida também como 5G, já tem data para ser implementada nas capitais Manaus, Belém, Rio Branco, Porto Velho e Macapá. Também conhecida como standalone, a evolução chega nestas cidades no dia 6 de outubro de 2022.

VEJA MAIS

Mesmo com 5G, região Norte tem 25% da população com dificuldades de acesso à internet
A parcela mais atingida pelo abismo digital observado atualmente é menos escolarizada das classes C, D e E; dificuldades acentuam diferenças socioeconômicas

Celulares com 5G: confira a lista de aparelhos que irão permitir a tecnologia
Apesar da tecnologia chegar em todas as capitais brasileiras até o dia 29 de setembro, apenas aparelhos homologados pela Anatel poderão usufruir do recurso; confira quais

Norte continua atrasado no acesso à banda larga fixa
Apenas 55% dos domicílios têm acesso a esse tipo de conexão; 5G quer mudar panorama

Moisés Queiroz, conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e presidente do Gaispi, grupo responsável por acompanhar a instalação da rede, foi quem anunciou a novidade.

“O Gaispi se reúne no dia 4 de outubro. E a nova rede estará disponível a partir do dia 6 de outubro. As empresas de telefonia estão indo além do exigido em edital e instalando até quatro vezes mais antenas. Isso ocorre por conta da competição”, explicou, em entrevista para o portal O Globo.

A nova tecnologia deveria ter sido implementada até o fim de julho, mas o prazo foi adiado para o fim de outubro. As redes devem ser instaladas até o fim do mês e ligadas até o fim de novembro. O adiamento ocorreu por conta de problemas logísticos, como o lockdown na China e a guerra na Ucrânia.

Últimas capitais a receber o 5G

Estas capitais são as últimas a receberem a tecnologia. Amazonas e Pará causaram preocupação por conta de interferências causadas por antenas de TV. Entretanto, os testes com a rede já foram iniciados e a mudança programada para o final de outubro deve ser finalizada.

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL