Soldado homenageia cão-bombeiro Barney com tatuagem

'Quando coração transborda, transparece na pele", escreveu Luciano Rangel

Redação Integrada com informações do G1

O soldado Luciano Rangel tatuou, no braço esquerdo, o rosto do cão-bombeiro Barney em homenagem ao companheiro. A tatuagem foi feita na terça-feira (14) em Lages, na Serra Catarinense, onde o soldado mora.

A imagem foi baseada em uma foto do animal, um labrador do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, que atuou nas buscas de Brumadinho (MG) para ajudar a encontrar vítimas. O cão morreu também durante buscas por uma pessoa desaparecida no Rio Urussanga em Içara, no Sul do estado. Após mergulhar, ele não retornou mais à superfície. O acidente ocorreu em 2 de maio.

"Quando o coração transborda, ele transparece na pele. Primeira sessão em homenagem ao meu parceiro, definitivamente marcado para sempre em minha vida. Meu Barney!", escreve Rangel ao publicar a imagem em uma rede social.

Brasil