Servidores da Fazenda vão parar dia 18 de março

Servidores consideram como 'infames' declarações do ministro Paulo Guedes

Redação Integrada

A Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), entidade que representa auditores e fiscais das receitas estaduais em todo País, decidiu fazer um dia de paralisação em protesto contra o que consideraram “graves ataques ao serviço e aos servidores públicos de todo país”. O protesto será no próximo dia 18 de março com a suspensão das atividades.

Na decisão, eles classificam de “infames” as declarações do  ministro da economia  Paulo Guedes que se referiu aos servidores públicos como "parasitas".

A Fenafisco é formada por sindicatos dos 26 estados e do Distrito Federal e representa 35 mil servidores públicos fiscais e tributários. A decisão da paralisação foi tomada durante reunião do  Conselho Deliberativo, realizada em Brasília nos dias 13 e 14 de fevereiro, “Estamos absolutamente convencidos de que é preciso parar o Brasil antes que as políticas parasitárias de Guedes destruam por completo o serviço público”, diz um trecho do manifesto em defesa da paralisação.

No Pará, ainda não há detalhes sobre como será o dia de paralisação. O presidente do Sindicato dos Auditores e Fiscais da Fazenda Estadual, Antônio Catete informou que a decisão  sobre a adesão ou não ao movimento nacional e os detalhes de como serão os protestos serão  tomados após assembleia geral com os integrantes da entidade sindical. 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL