Servidora municipal é flagrada espancando uma criança em Centro de Assistência Social

Imagens mostram a funcionária empurrando o menino no chão, dando tapa e chutes no menino

Luciana Carvalho

No último sábado (29), uma servidora municipal de um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) foi flagrada espancando uma criança na Casa de Acolhimento. As informações são do G1 Santos.

VEJA MAIS

Padrasto é flagrado esmurrando e sufocando enteado de 4 anos em prédio
A mãe do garoto, também afirma ter sido agredida pelo homem. Na delegacia, o acusado declarou que apenas tentou “intervir” em uma briga entre a mãe e uma namorada, “escorando a genitora contra a parede” para evitar o confronto

Adolescente é presa por suspeita de espancar a filha de dois anos até a morte
"A menor disse que chacoalhou a bebê, que queria a morte dela" disse o delegado que investiga o caso

Câmeras flagram assistente de professor dando tapas no rosto em menino de 2 anos em creche; vídeo
A direção da creche também afastou outra assistente, que também estava na sala, mas não agiu para impedir a agressão à criança

Imagens mostram a funcionária empurrando o menino no chão, dando tapa e chutes nele. Outras crianças, que estavam acompanhando as agressões, também passam a chutar o menino.

Outra parte da gravação mostra o menino chutando a funcionária e ela devolvendo o chute. Nesta, inclusive, as pessoas que registraram a ação pedem para que ela pare de chutar ele e ela xinga as mulheres.

O caso aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Em nota, a prefeitura do município, por meio da Secretaria de Assistência Social, informou que já determinou o afastamento imediato da servidora e a abertura de um procedimento administrativo.

Segundo a prefeitura, a Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada e registrou a ocorrência. O caso será levado para a Polícia Civil. A criança está sendo acompanhada por equipe técnica composta por psicólogos e assistentes sociais.

Padrasto é flagrado esmurrando e sufocando enteado de 4 anos em prédio
A mãe do garoto, também afirma ter sido agredida pelo homem. Na delegacia, o acusado declarou que apenas tentou “intervir” em uma briga entre a mãe e uma namorada, “escorando a genitora contra a parede” para evitar o confronto

Padrasto é preso por espancar bebê de 5 meses por 10 minutos
Homem alegou que teve um surto porque a criança tentou sugar leite de seu peito, enquanto ele segurava o menino

Jovem é condenado a 49 anos por espancar e matar menina que pediu comida; entenda
O homem também torturou outras três crianças, irmãos da vítima

A administração municipal reforçou, ainda, que preza pelo serviço de acolhimento e atendimento humanizado de excelência, não admitindo nenhum tipo de violência ou desrespeito, sendo o caso ocorrido na Casa de Acolhimento, um fato isolado.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL