Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Professora agride dois alunos do ensino infantil em escola particular; veja o vídeo

Após a denúncia, outras mães também relataram situações de abuso na escola

Luciana Carvalho

Nesta quarta-feira (06), três mães procuraram a Polícia Civil para denunciar uma professora por ter agredido seus filhos em uma escola particular. Um vídeo mostra a educadora batendo no rosto de uma criança sentada na sala de aula. As informações são da TN Online, divulgadas pelo portal Metrópoles.

O caso aconteceu em uma escola localizada em Apucarana, no norte do Paraná e de acordo com a advogada que acompanhou as duas mães na delegacia, as agressões ocorreram na terça-feira (5). Uma terceira mãe também registrou boletim de ocorrência.

Com o intuito de comprovar que o machucado em um dos alunos havia sido provocado por uma queda, o estabelecimento de ensino que trabalha com crianças do maternal ao ensino infantil, localizada no centro da cidade, repassou as filmagens a uma das mães, que cobrou explicações sobre ferimentos do filho.

VEJA MAIS

Diretora de escola é suspeita de morder aluno de 4 anos: 'Criança assim é complicado trabalhar'
Em áudio encaminhado para a mãe do menino, ela confessa ter mordido a criança

Prefeitura de Marituba investiga agressão a criança com Síndrome de Down em escola
Vice-diretora da unidade de ensino, localizada no bairro Decouville, é apontada como autora da violência

Homem agride aluna e causa confusão na escola Stella Martins, em Soure
Essa não teria sido a primeira ocorrência por agressão física registrada contra o suspeito

Menina de 6 anos é presa com as mãos amarradas em escola nos EUA; veja
Policial diz a administradores de escola que o centro de detenção juvenil para o qual estavam levando menina 'não é como eles pensam'

No entanto, a gravação mostra um menino e uma menina de dois anos sendo agredidos com tapas pela professora. As imagens mostram ela batendo no rosto da uma das crianças que estava sentada na sala de aula e depois em um menino que havia caído e que, em seguida, foi erguido e colocado no colo por uma ajudante.

Após a denúncia, outras mães também estão relatando situações de abuso na escola e algumas crianças começaram a contar sobre supostos castigos, que incluíam deixar os alunos sozinhos em salas escuras.

A professora teria sido afastada pela escola. A reportagem procurou a direção do estabelecimento e aguarda um retorno para esclarecer a denúncia. A Polícia Civil de Apucarana está investigando o caso.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL