Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia decide não indiciar Neymar em inquérito por acusação de estupro

Mulher que acusa o jogador afirmou que ele pagou sua hospedagem em um hotel em Paris, onde crime teria ocorrido

Reuters

A Polícia Civil de São Paulo informou nesta terça-feira que recomendou o não indiciamento do atacante Neymar no caso em que uma modelo o acusou de estupro.

Neymar sempre negou a acusação e, como parte de sua resposta pública à acusação, divulgou conversas particulares e fotos íntimas da mulher. Essa divulgação levou a um inquérito policial separado sobre suposto crime de divulgação de imagens íntimas na internet.

De acordo com o boletim de ocorrência do caso visto pela Reuters em junho, a mulher que acusa Neymar afirmou ter conhecido o jogador pelas redes sociais e que Neymar pagou para que ela viajasse e se hospedasse em um hotel de Paris, onde o crime teria sido cometido, no dia 15 de maio.

A assessoria de imprensa de Neymar não tinha um posicionamento de imediato sobre a decisão da polícia.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL