Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

‘Mãe amorosa”, diz amiga sobre mulher que matou filha e alerta para saúde mental

A mulher conta que a acusada de matar a filha de três anos fala que o crime poderia ter sido evitado

Maiza Santos

Após o Clelida Silva Almeira, de 34 anos, matar a filha de 3 anos e ferir o filho de 16, uma amiga da acusada saiu em defesa da mulher. Por meio das redes sociais, a amiga afirmou que a Clelida era uma boa pessoa e sempre cuidou bem dos filhos. Ela também destacou que se a acusada tivesse feito um tratamento psicológico, a tragédia poderia não ter acontecido. Clelida foi presa na madrugada da última terça-feira (12).

VEJA MAIS

Mãe mata filha de 3 anos e corta o pescoço do filho adolescente
Suspeita teria sufocado a menina com um travesseiro e usado um pedaço de vidro para atacar o filho

Em uma postagem nas redes sociais, a amiga da acusada escreveu: “Estou destroçada com a tragédia ocorrida com a Clelida e sua filhinha de 3 anos. Eu a conheço, ela é uma mãe cuidadosa, sempre a via com os filhos. Só consigo pensar que, se ela tivesse tido acesso à tratamento psicológico e psiquiátrico, essa tragédia teria sido evitada”, diz. 

O crime ocorreu em Rondonópolis (215 km ao Sul), na casa dos pais da acusada. Segundo informações da Polícia Civil, a mulher foi presa e o juízo tornou a prisão preventiva. Por envolver menor, a ação tramita sob segredo.

A investigação do caso segue com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que irá ouvir familiares e testemunhas nos próximos dias. Também será anexada perícia realizada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Ana Carolina Matos)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL