Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Leda Nagle reproduz fake news ao vivo sobre plano de Lula para matar Bolsonaro

Nesta segunda-feira (19) a jornalista se desculpou por ter lido a mensagem e disse que não teve tempo para checá-la

Com informações do portal Correio Brasiliense

A jornalista Leda Nagle publicou uma nota nesta segunda-feira (19) se desculpando por ter reproduzido, em uma transmissão ao vivo, uma fake news sobre um hipotético plano do ex-presidente Lula para matar Jair Bolsonaro. No texto, Leda lamentou o ocorrido e disse que "não houve tempo para verificar se a mensagem era verdadeira ou não".

 

 

A polêmica em torno da fake news começou no último sábado (17), durante uma live para um grupo privado chamado Clube da Notícia. Durante a transmissão, a jornalista leu uma denúncia atribuída ao diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Maiurino, que tratava do plano para assassinar Bolsonaro.

"Partiu daqui em conjunto com Lula e outros a ideia de matar Bolsonaro, por enquanto não posso dizer muito, mas vocês saberão. Nos próximos dias, saberão de muita coisa", disse ela durante a transmissão.

“Acreditem ou não, mas o STF quer acabar com o presidente. Porém, eles não irão conseguir por um motivo bem forte, mais da metade das cadeiras dos urubus de capa preta receberam propina e antes que caia meu perfil novamente vou dizer para vocês, a ideia de matar Bolsonaro”, leu a jornalista.

 

 

Leda se baseou em um perfil falso do delegado, que já foi denunciado pela própria Polícia Federal. O vídeo da jornalista se espalhou e se tornou o assunto mais comentado do Twitter. Na nota divulgada hoje, ela lamentou o ocorrido e informou que não houve tempo para verificar se a mensagem era verdadeira ou não.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL