Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem que sufocou cachorro até a morte vai preso

Funcionário de clínica veterinária disse que estava ‘estressado’

O Liberal

O delegado Leonam Pinheiro, que investiga o caso envolvendo Davi Silva dos Santos, de 24 anos, confirmou nesta sexta-feira (21) que o suspeito foi preso após a Justiça decretar a prisão preventiva dele. Funcionário de uma clínica de Maceió, ele foi flagrado em vídeo torturando um cachorro durante uma tosa. As informações são do G1 Alagoas.

VEJA MAIS

Médico é preso após agredir e matar cachorro de 6 meses
Vizinhos conseguiram registrar tudo e acionar a polícia

Cachorro é resgatado após ficar trancado pelo dono dentro de carro; assista
Dono do animal foi preso em flagrante por maus tratos

Bombeiro mergulha e se arrisca em loja inundada para salvar cachorro
O prédio, com 4 metros de altura, estava praticamente tomado pela água e para alcançar o animal o militar levou mais de três minutos

Davi Silva teve a prisão decretada durante a audiência de custódia. Ele trabalhava havia cerca de três meses na clínica É O Bicho e confessou ter estrangulado o cão pela coleira, porque estava “estressado”.

"Meu cachorro nunca rosnou, nunca nem mordeu ninguém, ele era dócil, muito dócil, é inacreditável", disse a tutora do animal, Maria Eduarda Cavalcante.

O suspeito já responde a outros crimes na Justiça, entre os quais, homicídio e receptação. Agora, Davi dos Santos vai aguardar preso o andamento do processo. Ele pode pegar de 2 a 5 anos de prisão, caso seja condenado.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL