Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é preso suspeito de amarrar pênis de enteado de 9 anos para impedir xixi na cama

Padrasto também teria agredido o menino; mãe da criança fugiu de casa com o filho e denunciou o homem

Emilly Melo

Um homem de 27 anos foi detido pela polícia, na quinta-feira (7), suspeito de ter agredido o enteado de nove anos, em Itacoatiara, no interior do Amazonas. A mãe da criança relata que o filho teve o pênis amarrado pelo suspeito para evitar que o menino urinasse na cama durante a noite. Com informações do G1.

VEJA MAIS

Mulher é presa após cortar pênis de menino de 7 anos para castigá-lo
Segundo a denúncia, a mulher fez um "corte profundo na genitália" da criança com uma tesoura, com o objetivo de "aplicar um castigo pessoal"

Homem realiza cirurgia após introduzir corrente com bolinhas no pênis para o prazer sexual
O caso aconteceu na capital do Taiwan; o homem na casa dos 30 anos relatava dores que pareciam 'choques elétricos'

Motorista quase perde o pênis após sofrer acidente de carro enquanto fazia sexo no carro
De acordo com a polícia local, a colisão aconteceu após o homem se distrair com a prática sexual e perder o controle da direção

O menino apresentava marcas de agressão pelo corpo e também está com os lábios feridos. Ele afirma que foi atingido por um soco do suspeito. A polícia relata que as agressões ocorriam durante a noite, para que ninguém pudesse ver. 

"Eu estava dormindo na rede, daí ele [suspeito] me acordou dando um monte de murro pelo meu corpo e na minha boca, que ficou toda espocada", disse a criança em entrevista à Rede Amazônica.

O homem amarrou uma linha no pênis da criança, que feriu as partes íntimas da vítima. A mãe aproveitou o momento que o marido saiu e fugiu de casa com o filho. A denúncia foi feita por ela. 

"Quando fui olhar, a boca dele estava inchada. Ele subiu 'em cima' do meu filho para ele não se espernear e nem gritar", disse a mãe da criança, que preferiu não se identificar.

O homem foi detido em seguida e levado para a delegacia do município. A polícia ainda vai ouvir o suspeito e espera o resultado do exame de corpo delito para continuar a investigação do caso.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL