Empresário Rodrigo Carvalheira é preso suspeito de estuprar e agredir mulheres em Recife

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretou a prisão preventiva do empresário nesta quinta-feira (11). Ele será encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel)

Beatriz Moura
fonte

O empresário Rodrigo Dib Carvalheira, de 34 anos, foi preso nesta quinta-feira (11/04), suspeito de ter estuprado e agredido ao menos três mulheres em Recife, Pernambuco. O acusado já foi Secretário de Turismo de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, e foi eleito presidente do antigo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) no estado, em outubro de 2023. 

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretou a prisão preventiva de Carvalheira. Ele deve ser encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), localizado em Abreu e Lima, na Grande Recife. 

Rodrigo foi denunciado por ao menos três mulheres por casos de estupro e agressão, que aconteceram entre 2009 e 2019. As supostas vítimas são do mesmo círculo de amizade e relataram à imprensa que o suspeito deu comprimidos para elas em festas e que acordaram na manhã seguinte em uma cama, com sinais de abuso. 

VEJA MAIS 

image Deputada Alessandra é recebida pelo vice-presidente Geraldo Alckmin
Reunião se pautou por temas de interesse do Pará, entre os dois parlamentares que também são médicos

image Instituto de Direito Eleitoral e Político do Pará debate eleições municipais
Evento será no auditório do TJE na próxima sexta-feira (12) em Belém

image Assembleia Legislativa do Pará anuncia vaga para conselheiro do TCM
Veja quem saiu e quem pode ocupar o cargo

Ele declarou ser inocente durante a saída da Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, acompanhado da esposa, nesta quinta-feira. "Tudo será apresentado. Sou inocente. São muito minhas amigas e eu acho incrível que esteja acontecendo isso", declarou à TV Globo. 

Em nota, a defesa de Rodrigo, representada pela advogada Graciele Queiroz, disse que a prisão do empresário "causou espanto e estranheza para todos" e que "os fatos narrados são graves, porém baseados unicamente na opinião da autoridade policial e na coleta de depoimentos". 

(Beatriz Moura, estagiária sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL