Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dia de Santo Antônio: conheça a história do frade que virou Santo Casamenteiro

Santo Antônio é um dos três santos mais celebrados no mês de junho

Karoline Caldeira

Nesta segunda-feira (13), é comemorado o Dia de Santo Antônio, também conhecido como Santo Casamenteiro. Ele também é padroeiro de Juiz de Fora, em Minas Gerais, da cidade de Lisboa, em Portugal e igualmente padroeiro da cidade italiana de Pádua. Esse Frade Franciscano se tornou uma santidade católica logo após a sua morte, em 13 de junho de 1231, aos 35 anos.

Com uma vida inteira dedicada aos mais pobres e um senso de justiça sempre presente, Santo Antônio inspira a fé de milhares de devotos e é um dos santos mais conhecidos da Igreja Católica. Saiba mais sobre a história e milagres dedicados a ele.

VEJA MAIS

Santo casamenteiro: confira a programação de Santo Antônio em Belém
Agenda conta com a tradicional bênção para os namorados

Dia de Santo Antônio reúne fé e comemorações em Lisboa
Devoção ao Santo que nasceu na capital portuguesa é uma das principais do país

Milagres

Santo Antônio detém o recorde de santo com a canonização mais rápida da história da Igreja Católica: 11 meses entre a morte e a canonização dele. Durante toda a sua vida, cerca de 53 milagres foram atribuídos a intercessão de Santo Antônio, sendo a maioria em relação aos problemas de saúde.

Um desses milagres é da ressuscitação de um morto. De acordo com relatos, Santo Antônio caminhava carregando grande peso às costas, quando encontrou um carroceiro que levava um homem adormecido. O Santo pediu para que levasse alguns dos objetos que carregava, mas o pedido foi negado. O carroceiro contou que não podia porque estava conduzindo um defunto. 

O Santo acreditou, rezou pelo descanso eterno da alma do falecido e continuou a caminhada até o seu destino. Porém, o homem estava mentindo e, ao acordar o amigo, percebeu que o homem estava realmente morto. Arrependido, ele voltou até o Santo Antônio e pediu desculpas. O Santo aceitou, fez o sinal da Cruz sobre o cadáver e o ressuscitou.

VEJA MAIS

Celebrações aos santos homenageados ao longo do mês de junho aquecem a fé dos devotos
Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo são os santos lembrados durante a quadra junina

Dia dos Namorados: casais recebem bênção especial em celebrações a Santo Antônio
Paróquias de Belém e região metropolitana seguem com homenagens ao santo até amanhã (13)

Cerimônias de Casamento

O Santo Antônio é muito lembrado na hora de encontrar um amor e em casamentos. Essa fama é atribuída após um milagre que lhe foi dado depois da sua morte. Temendo não conseguir se casar por não ter o valor total do dote, uma jovem de Nápoles, na Itália, recorreu ao Santo e alcançou a graça.

O Santo Antônio é muito lembrado na hora de encontrar um amor e em casamentos (Ary Souza / Arquivo O Liberal)

Santo Antônio teria escrito um bilhete e orientado a jovem a levar até um comerciante. Neste bilhete estava escrito que o trabalhador desse à mulher o valor do peso do bilhete, mas o homem não se importou. Só que, ao por o bilhete na balança, ficou surpreso ao ver que era preciso que se colocasse 400 escudos de prata para que a balança atingisse o equilíbrio.

Hoje, muitas noivas estão dispensando os tradicionais buquês e colocando pequenos Santo Antônio com a intenção de repassar as bênçãos para quem for receber esse símbolo tão importante de um casamento.

(Estagiária Karoline Caldeira, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL