Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Conheça a história da parlamentar negra que foi pioneira na criação do Dia do Professor

Para comemorar essa data tão especial que homenageada os docentes brasileiros, que tal aprender um pouco mais dessa história esquecida?

O Liberal

Você sabia que a criação do Dia do Professor no país, comemorado nesta sexta-feira (15), foi iniciada por uma parlamentar negra? Se ainda não, a gente aproveita e te apresenta Antonieta de Barros, uma das três primeiras mulheres eleitas no Brasil, e que levantou a bandeira da educação para todos. As informações são do EL País. 

Nascida em Florianópolis, no dia 11 de julho de 1901, a jornalista, professora e parlamentar brasileira era filha de uma ex-escrava e de um funcionário dos Correios. Ela tinha ao menos três irmãos e recebeu grande influência para ser ativista de organizações negras nos anos 20, tendo um deles tendo fundado um sindicato para a causa. 

A jovem Atonieta de Barros. (Reprodução/Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina)

Apesar de ter começado a ler tardiamente, ela sempre agiu como uma grande revolucionária. Após mergulhar por conta própria nos livros, ela se tornou professora aos 17 anos e fundou um curso particular chamado "Antonieta de Barros”, com o objetivo de combater o analfabetismo entre os adultos mais pobres, que na época alcançava a taxa de 65%. 

Para Antonieta, a educação era “a única arma capaz de libertar os desfavorecidos da servidão”. Ela também deu aulas em colégios catarinenses de elite, como o Colégio Coração de Jesus, Dias Velho e Catarinense.

VEJA MAIS

Além da sala de aula: confira histórias que impactaram a vida de alunos e professores de Belém Educadores e estudantes relataram histórias que marcaram sua trajetória no processo de aprendizagem

Dia dos Professores: Veja cinco educadores que viralizaram com métodos de ensino inusitados Conheça um pouco sobre a criatividade desses profissionais que inovaram para garantir a aprendizagem dos alunos.

Conheça 7 momentos e 'perrengues' marcantes na vida dos professores paraenses O convívio em sala de aula rendeu a esses cinco profissionais histórias únicas e valiosas

Dia do Professor: João do BBB conta sobre problemas expostos da profissão; veja Após sair do confinamento, ex-brother aproveitou o alcance de sua influência e passou a discutir a importância da educação nas redes sociais

A defesa assídua da professora pela educação fez com que ela ocupasse as páginas dos jornais. Em pouco tempo, Antonieta virou cronista e, aos 23 anos, já tinha publicado mais de mil artigos escritos em oito veículos de imprensa. 

Em 1937, ao  publicar o seu primeiro livro Farrapos de Ideias, ela decidiu doar os custos para construção de uma escola que serviria de abrigo para as crianças que eram filhas de pais internados no leprosário Colônia Santa Tereza. 

O grande marco da educação brasileira veio com a primeira lei educacional do país, por Dom Pedro I em 15 de outubro de 1827. Mas, ao contrário do que se pensa, Antonieta também teve participação nos próximos capítulos que envolvem a valorização do ensino no Brasil.   

Antonieta de Barros. (Reprodução/ INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SANTA CATARINA)

Em um país fortemente preconceituoso quanto à questão de classe, gênero e cor, ela conseguiu ser a primeira negra eleita deputada estadual, após meio século da abolição da escravatura e o sufrágio - que deu o direito às mulheres de votar-, em 1934. 

Lutando contra a informalização da data, a deputada negra criou um projeto de lei para o Dia do Professor e um feriado escolar nessa data - a Lei Nº 145, de 12 de outubro de 1948-, em Santa Catarina. Após 20 dias, ela foi oficializada em outubro de 1963, pelo presidente da República, João Goulart, como as pessoas conhecem usualmente. 

A partir deste dia, outras leis importantes também foram concedidas ao longo dos anos, como a  bolsas de cursos superiores para alunos carentes e concursos públicos para os professores. E já são mais de 73 anos que o país forma docentes que são a fonte de todas as profissões. 

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL