Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cadeirante é preso após ser flagrado furtando loja de conveniências no Paraná

O homem tem 38 anos e já teve passagens pelo mesmo crime; Ele havia roubado bebidas, cigarros, isqueiros e chocolates

Gabriel Mansur

Um cadeirante foi detido após o dono de uma loja de conveniências localizada em um posto de combustíveis o flagrar furtando o seu estabelecimento através das câmeras de segurança que monitoram em tempo real. O caso aconteceu em Alto Paraná (PR). Segundo informações do jornal Tribuna do Norte, o homem tem 38 anos e foi preso em flagrante. 

VEJA MAIS

Lanchonete é furtada em Castanhal; suspeito levou bebidas, alimentos e uma cuscuzeira; vídeo
Homem que limpou a geladeira do 'Cuscuz do Véio' ainda não foi identificado

Uepa suspende atendimento pós-covid após furto de equipamentos; vídeo
Câmera de segurança da Universidade registrou o suspeito em ação 

Vídeo mostra tiroteio que resultou em quatro mortes após disputa por terra entre famílias; assista
Um dos sobreviventes foi baleado na perna, mas teve alta hospitalar e foi preso

O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (18). O dono do estabelecimento viu as imagens ao vivo e acionou a polícia. É possível ver nas imagens da câmera de segurança o homem deixando a cadeira de rodas para cometer o furto. Ele havia furtado bebidas, cigarros, chocolates e isqueiros. Os itens foram devolvidos para o dono do estabelecimento, que ficou com o prejuízo de uma porta de vidro que ficou danificada.

Ele foi encaminhado para a cadeia de Paranavaí e autuado por furto qualificado. Segundo a Polícia Militar (PM), ele já tem passagens pelo mesmo crime. 

(*Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL