Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Brasil confirma primeiro caso da varíola dos macacos; há mais sete suspeitas

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo afirma que a doença se manifestou em um homem de 41 anos que voltou recentemente da Espanha

O Liberal

O primeiro caso de varíola dos macacos - doença também conhecida como monkeypox - foi confirmado nesta quarta-feira (8) em São Paulo. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Município, trata-se de um homem de 41 anos que voltou recentemente da Espanha. Ele está internado no Hospital Emílio Ribas, no bairro Pacaembu.

VEJA MAIS

Especialista da OMS: varíola dos macacos não deve se tornar uma nova pandemia
O surto deve ser considerado uma "potencial emergência de saúde pública" para facilitar investimento e pesquisa

Pacientes com varíola devem evitar contato com animais de estimação
Especialistas apontam que hamsters, camundongos e outros roedores podem ser suscetíveis à doença

Varíola dos Macacos: países seguem na busca por vacina; Brasil está atrasado
Até o momento, não há um imunizante específico para o combate da varíola do macaco no Brasil

Agora, o Brasil possui o primeiro registro oficial da doença em território nacional. No entanto, há suspeitas de sete outros casos nos estados do Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rondônia. Em São Paulo, trata-se de uma mulher de 26 anos que apresenta sintomas.

O Ministério da Saúde afirma que os pacientes seguem isolados e uma análise laboratorial confirmará a existência da doença. Em âmbito mundial, a monkeypox foi diagnosticada pela primeira vez em humanos em 1970 e pode ser transmitida por meio do sexo sem proteção, contato com lesões em pessoas doentes e gotículas liberadas durante a respiração.

Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, dor no corpo e nas costas, inchaço nos linfonodos, exaustão, calafrios e bolinhas que aparecem no corpo inteiro (principalmente rosto, mãos e pés) e evoluem, formando crostas, até cair.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL