Bolsonaro diz que deve conhecer hoje 'radiografia' que aponta ineficiência do MEC

Presidente e Weintraub tiveram reunião no Palácio do Planalto na manhã desta quarta (4)

Agência Estado

O presidente Jair Bolsonaro disse que deve conhecer nesta quarta-feira (4) uma "radiografia" realizada por comissão da Câmara dos Deputados que aponta paralisia e ineficiência no Ministério da Educação, revelada pelo Estadão/Broadcast.

Bolsonaro e Weintraub tiveram reunião no Palácio do Planalto na manhã desta quarta. "Ele que vai trazer esse caso para mim aqui. Não é fácil. O ministério dele tem quase 300 mil servidores. As universidades têm autonomia. O ministério dele eu jamais aceitaria ir para lá. Ele tem habilidade, competência, tem formação compatível para isso", disse Bolsonaro antes de se encontrar com o ministro.

"Mas é um ministério que tá ali, pode explodir de uma hora para outra, dada a sensibilidade dos mesmos", declarou o presidente. Bolsonaro voltou a atacar o educador Paulo Freire e edições passadas do Enem para justificar resultados ruins da educação brasileira. "Não deu certo. Os caras seguiam a máxima de Lenin, não tome quartéis, tome escolas. Isso não é obsessão minha, uma doença, psicose, neurose, é uma realidade, os números estão aí".

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL