Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bebê morre em creche após supostamente ser colocada em saco para dar 'menos trabalho'

Para os pais, os funcionários do estabelecimento relataram que a criança teria se engasgado

O Liberal

Uma bebê de seis meses morreu em uma creche irregular após supostamente ser colocada em um saco para dar ‘menos trabalho’. A criança chegou a ser levada para o hospital, onde recebeu manobras de ressuscitação por cerca de 20 minutos, mas já chegou sem vida na unidade. O caso aconteceu no Setor Residencial Leste, em Planaltina, no Distrito Federal. As informações são do G1 Nacional.

Para os pais, funcionários do estabelecimento informaram que a criança teria se engasgado, porém, as investigações policiais apontaram que a menina foi colocada dentro de um saco para ficar imobilizada pois chorava muito. A creche foi interditada e o crime está sendo investigado pela 31º Delegacia de Polícia.

Três servidoras do estabelecimento já foram ouvidas, uma delas afirmou que a bebê chorava muito no berçário e viu o momento que uma das donas se irritou, entrou no quarto e fechou a porta. Segundo ela, o choro aumentou e, em seguida, parou. A mulher relatou que entrou no local e encontrou a menina desfalecida. 

Conforme o delegado do caso, Veluziano de Castro, a creche era administrada por duas mulheres, sendo que apenas uma trabalhava diariamente no local. O estabelecimento atuava de maneira precária e irregular, atendendo mais de 40 crianças, sem a mínima estrutura de funcionamento.

Em nota, o governo do DF informou que o processo de licenciamento da creche não foi finalizado porque faltavam as autorizações da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Educação. O caso segue sendo investigado. 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL