27 mil ainda não apresentaram a declaração de imposto de renda no Pará

Cerca de 3% dos contribuintes do Estado ainda não entregaram a declaração

Iury Costa
fonte

A poucas horas para o fim do prazo, 27 mil contribuintes ainda não apresentaram a declaração do imposto de renda no Pará. O número representa cerca de 3% da expectativa da Receita Federal no Estado. 

Até as 17h de hoje, (31.5), 899.716 contribuintes entregaram a Declaração do Imposto de Renda em todo o estado do Pará, o que corresponde a 97% da expectativa que é de 926.790. Na 2ª Região Fiscal, composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, 1.956.481 contribuintes cumpriram a obrigação com o fisco federal.

O prazo para entregar a declaração de imposto de renda encerra hoje, (31.5), às 23:59:59, e quem não entregar a declaração até esta data está sujeito a penalidades. O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, calculado na declaração, mesmo que esteja pago. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, podendo chegar, no máximo, a 20% do valor do imposto de renda.

A multa começa a contar no dia seguinte ao da data limite de entrega e termina na data do envio da declaração ou, se não for entregue, na data do lançamento de ofício pela Receita Federal.

VEJA MAIS

image Primeiro lote de restituição do IR é pago pela Receita nesta sexta-feira (31/05)
Segundo o órgão, "não há uma hora fixa" para o crédito, e o valor será depositado ao longo do dia

image Contribuintes que perderem prazo do Imposto de Renda devem fazer declaração 'o mais rápido possível'
Segundo contador, é importante preencher a declaração, enviar com todas as informações mesmo fora do prazo e evitar complicações maiores

image Deixou a declaração do Imposto de Renda para a última hora? Veja dicas para não errar
Para quem deixou para a última hora, a maior dificuldade é conseguir juntar os documentos a tempo do prazo, segundo contador. No Pará, Receita ainda espera a entrega de 125 mil DIRPF

(Iury Costa, estagiário, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do núcleo de Política e Economia)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱

Palavras-chave

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL