Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Torneio de Gaymada LGBTQIA+ é disputado na Aldeia Cabana

Atletas de diferentes bairros de Belém disputam prêmios.

O Liberal

A Parada LGBTQIA+ de Belém foi suspensa este ano, devido à pandemia pela Covid-19, mas esse segmento social ganhou um evento público representativo na tarde deste domingo, 31. O “Torneio de Gaymada LGBTQIA+” está acontecendo na Aldeia Cabana Amazônica David Miguel. O evento é realizado pelo Grupo Homossexual do Pará (GHP) e pela Coordenação da Parada do Orgulho LGBTQIA+ com o apoio da Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e da Coordenadoria de Diversidade Sexual (CDS).

As arquibancadas da Aldeia Cabana estão tomadas de torcedores e de bandeiras com as listras coloridas que simbolizam esse movimento social. Cinco times dos bairros da Pedreira, 40 Horas, Tapanã, Telégrafo e Outeiro, totalizando 60 jogadoras, entre gays e travestis, disputam os prêmios de R$ 700 e de R$ 300, que serão dados ao primeiro e segundo lugares, nessa ordem. O torneio teve início às 14 horas e tem previsão de encerrar no início desta noite.

Gaymada na Aldeia Cabana

“A gaymada é o único evento esportivo que nos representa, pois já é uma tradição de jogar nos bairros. O torneio é muito importante para a nossa reafirmação enquanto cidadãs”, destaca a atleta Isabelli Sampaio, de 23 anos, jogadora do time do Tapanã há três anos.

Já a jogadora Nathyelly Victória, de 27 anos, do time do Tapanã, conta que há oito anos disputa as partidas de gaymada. “A gaymada não tem só no Pará, mas em vários estados, com formas de jogar diferentes. É um evento que movimenta muita gente, mas ainda tem muito preconceito, fazem piadinha”.

“Pela primeira vez estamos celebrando o orgulho LGBTQIA+ na programação da parada”, destaca Eduardo Benigno, um dos dirigentes do GHP e da parada.

A coordenadora da CDS, Jane Patrícia, disse que, no mês que vem, haverá um torneio de futebol de sabão para lésbicas e transexuais masculinos, na Vila da Barca.

A secretária de Juventude, Esporte e Lazer, Carolina Quemel, conta que o incentivo à gaymada teve início na programação de verão, em julho, e a prefeitura segue dando continuidade nos bairros. “No final de semana passada, teve gaymada na Marambaia. Estamos fortalecendo essa prática de esporte e lazer, que também traz muita alegria e bem estar”.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM