Servidores da saúde que venceram a covid-19 voltam ao trabalho

Profissionais superaram a covid-19 e agora dizem retomar as atividades "renovados"

Agência Belém

“Vencer à covid-19 e fazer parte da linha de frente no combate ao vírus é uma experiência gratificante como profissional e ser humano”, afirma a enfermeira Roziane Fima, que passou por momentos de tensão e angústia durante a pandemia do novo coronavírus.

A enfermeira, que atua na Unidade de Atenção Básica Água Lindas II, conta que apresentou os primeiros sintomas do vírus no dia 7 de abril, após entrar em contato com pacientes infectados pela doença, ainda que todas as medidas de prevenção tivessem sido adotadas pela direção da unidade.

A experiência vivida é encarada de forma positiva e gratificante para a vida pessoal e profissional, ensina ela: “Eu amo a minha profissão, amo cuidar das pessoas, luto até o fim pela vida dos meus pacientes, mas depois que retornei a atenção com os meus pacientes dobrou. Quando se tem essa experiência própria, você consegue entender o que eles passam a partir do que você viveu. O que eu passei vou levar para a vida e um dia contar pros meus netos que estive na linha de frente no combate dessa doença e que também a venci”.

Outros servidores que passaram pelos mesmos momentos de tensão foram o diretor da Casa Dia, Cledson Sampaio, e a agente comunitária Patrícia Maria da Silva, da Unidade de Atenção Básica Águas Lindas II. Para o diretor da Casa Dia, após se deparar com medos e incertezas com a infecção pelo vírus, a sensibilidade em relação ao serviço prestado na unidade duplicou. “Passei a reforçar a importância dessa atenção e inclusive de apoio psicológico a essas pessoas que estão passando por esse momento tão difícil”, conta.

A agente comunitária Patrícia revela que, após a experiência com o vírus, passou a refletir mais com os pacientes sobre a infecção, durante os atendimentos. “Após o contato com o vírus, conseguimos orientar melhor e identificar os sintomas com facilidade, tem muitos pacientes que não têm bem a noção do que é o vírus e como ele age”, diz.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM