Saúde monitora cruzeiro com mil turistas estrangeiros que desembarcou no Pará

Prefeito de Belém embarca para Brasília, na próxima segunda-feira (16), para se encontrar com o ministro da saúde

Camila Moreira

Mil turistas de diversas nacionalidades, a maioria alemã, desembarcaram neste sábado (14), no trapiche de Icoaraci. Sem máscaras no rosto e aparentando estarem bem a vontade e tranquilos, os estrangeiros vieram a bordo do Navio Amera para ficar cerca de 10 horas na capital paraense conhecer e visitar os principais pontos turísticos de Belém, como o mercado do Ver-o-Peso, Basílica de Nazaré e Forte do Castelo. Segundo informações repassadas pela Secretaria de Estado de Turismo, a embarcação esteve em Natal, no Rio Grande do Norte, como último destino e estava há cerca de 15 dias em águas brasileiras.

BAIXE AQUI o guia de informações essenciais sobre o Coronavírus.

Os turistas, a maioria deles idosos, receberam as boas vindas preparadas pelo Governo do Pará e Prefeitura de Belém. O secretário de Estado de Saúde Pública, Alberto Beltrame, acompanhou o receptivo dos visitantes e garantiu que a operação é segura e todas as orientações de proteção ao coronavírus, repassadas pelo Ministério da Saúde, foram seguidas. Segundo ele, a liberação para o desembarque dos estrangeiros foi autorizada pela Anvisa, que é responsável pela fiscalização de saúde em portos e fronteiras, e que os protocolos de inspeção e acompanhamento dos relatórios de bordo e médico da embarcação seguiram as diretrizes elaboradas pelo Comitê Técnico formado em janeiro deste ano, no Pará.

“O governo do Estado está dando as boas vindas aos turistas, mas, sobretudo, tomando as providências com a Anvisa para garantir a tranquilidade e a segurança das pessoas que estão a bordo do navio, assim como as que estão em terra. Essa é uma tarefa de vigilância em saúde e nós já temos relatos de que está tudo sobre controle", afirmou o titular da Sespa, Alberto Beltrame.

O Navio Amera partiu de Montevidéu, capital do Uruguai, percorreu a costa brasileira, passando por cidades como Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Ilhéus (BA) e Natal (RN), e terá como destino final o Caribe. Ainda de acordo com a Sespa, o diário de bordo da embarcação informa que não havia ninguém suspeito ou doente.

"Estamos absolutamente vigilantes. Neste momento, não temos nenhum caso confirmado nem em Belém nem no Pará, mas precisamos estar vigilantes permanentemente, essa é a orientação atual. As orientações de hoje podem mudar amanhã ou até nas próximas horas, já que o quadro de uma pandemia é muito dinâmico e pode mudar a qualquer instante. Neste momento, com base no relatório da Anvisa, queremos transmitir uma mensagem de tranquilidade para turistas e para a população da capital paraense e do Estado", disse Beltrame.

A bordo do navio, o turista alemão Oliver Coppeneur esteve pela primeira vez no Brasil e, mesmo com o cenário de saúde mundial, não adiou o desejo de conhecer o país. “É uma pandemia e o mundo está mobilizado. Dentro e fora do navio, todos estão empenhados em tomar os cuidados de saúde”, afirmou o visitante. A senhora Gunter, de Hannover, na Alemanha, veio com o marido conhecer a capital paraense. “Esta é a nossa primeira vez em Belém, é realmente quente aqui. Vamos fazer um passeio de ônibus pela cidade com outras 12 pessoas. Ouviu falar da Basílica de Nazaré e estou muito curiosa para conhecer”, contou.

Medidas de combate ao Coronavírus

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, irá para Brasília nesta segunda-feira (16), em um encontro no Ministério da Saúde, para definir os termos do decreto que deverá ser assinado com medidas emergenciais de enfrentamento ao novo coronavírus. O documento será editado para entrar em vigor na capital paraense ainda em data não definida. Em Brasília, Zenaldo Coutinho também terá agenda no Ministério de Desenvolvimento Urbano para tratar de ações relacionadas aos fortes impactos das chuvas que atingem a capital paraense.

Em nota divulgada, a Prefeitura informou que mesmo Belém não sendo uma cidade onde há casos da doença, o Governo Federal emitiu novas recomendações e diretrizes, que serão obedecidas pela gestão. A principal delas é que os eventos nessas cidades serão mantidos, mas necessitam de cuidados e monitoramento constante.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM