Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Policiais militares envolvidos em confusão no Ver-o-Peso são afastados

Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar responsabilidades no caso

O Liberal

A Polícia Militar do Pará determinou o afastamento dos policiais militares envolvidos em uma confusão generalizada na área do Ver-o-Peso, registrada nesta sexta-feira (12). Todos os servidores já foram identificados pela corporação. Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar responsabilidades no caso.

Imagens veiculadas nas redes sociais mostraram uma confusão entre policiais e uma mulher no local, com pessoas tentando afastá-los da cidadã. Ainda nas redes sociais, internautas manifestaram-se contra a ação dos policiais contra a mulher. Em outro vídeo, observa-se a abordagem a um grupo de pessoas, uma delas portando uma faca.

VEJA MAIS

Promotoria Militar apura vídeo que mostra confusão entre policiais e populares no Ver-o-Peso; vídeo
Situação ocorreu hoje e provocou rebuliço no entreposto comercial. Quatro pessoas foram presas por desacato, como informa a PM

Quatro pessoas foram presas

Em nota divulgada nesta tarde, a PM informou que quatro pessoas foram presas pelo crime de desacato durante a ocorrência na Feira do Ver-o-Peso. "A mulher foi contida e outras três pessoas, que intervieram na abordagem, foram apresentadas na Seccional do Comércio, junto à faca usada pelo homem suspeito. Todos têm passagem pela Polícia e os militares precisaram passar por atendimento médico e corpo de delito após sofrerem ferimentos".

Toda a ação policial, segundo informou a PM, foi filmada por uma câmera corporal acoplada ao colete balístico e as gravações foram anexadas ao Termo Circunstanciado de Ocorrência. "A Corregedoria-Geral da Corporação já identificou os policiais militares e instaurou Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos agentes, que permanecerão afastados do serviço", foi comunicado pela PM em nota.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na Seccional do Comércio. Os envolvidos no ocorrido foram ouvidos e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) registrado.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM