Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Promotoria Militar apura vídeo que mostra confusão entre policiais e populares no Ver-o-Peso; vídeo

Situação ocorreu hoje e provocou rebuliço no entreposto comercial. Quatro pessoas foram presas por desacato, como informa a PM

O Liberal

O promotor militar Armando Brasil declarou, no começo da tarde desta sexta-feira (12), que vai requisitar abertura de Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar um vídeo que passou a circular nas redes sociais nestas sexta-feira (12), mostrando uma confusão entre policiais militares e populares na área do Ver-o-Peso, no centro de Belém,  no dia de hoje.

As imagens mostram uma mulher sendo abordada por policiais militares enquanto outras pessoas daquele perímetro da cidade pedem para eles largarem a cidadã. Na confusão, alguns policias adotam um comportamento mais incisivo contra a pessoa.

VEJA MAIS

Incêndio no Ver-o-Peso: fogo assusta feirantes na manhã desta quinta-feira
Um possível problema elétrico no terceiro boxe pode ter ocasionado o incêndio, que foi contido rapidamente pelo Corpo de Bombeiros.

Incêndio no Ver-o-Peso: cartaz de Nossa Senhora de Nazaré fica intacto após fogo em box
Fato chamou atenção dos trabalhadores que ajudaram a permissionária do box número 7 durante o princípio de incêndio. "Foi proteção", disse um feirante.

Ao verificar as imagens sobre o caso, o promotor Armando Brasil destacou: "Eu percebi que um abuso na abordagem, a qual deveria ser feita mediante a presença de uma policial militar, o que não se tinha no caso".  Ele observou que a ação policial deve ser procedida de forma enérgica, mas respeitando os Direitos Humanos, "sem lesões corporais".

Nas imagens da confusão, é possível ver pessoas tentando afastar os policiais de perto da mulher, gerando um gritos e empurrões no local.

A deputada estadual Marinor Brito (PSol-PA) manifestou-se nas redes sociais acerca da confusão envolvendo policiais militares e uma mulher no Ver-o-Peso. Marinor disse que
recebeu com indignação as informações sobre o ocorrido e que, como parlamentar, vai tomar providências.

Quem também se posicionou sobre o assunto foi a vereadora Lívia Duarte (PSol-PA). Ela destacou que estar oficiando a PM e exige apuração do caso. 

Esclarecimento

A Polícia Militar informa que quatro pessoas foram presas pelo crime de desacato nesta sexta-feira (12), na Feira do Ver-o-Peso, em Belém. A mulher foi contida e outras três pessoas, que intervieram na abordagem, foram apresentadas na Seccional do Comércio, junto à faca usada pelo homem suspeito. Todos têm passagem pela Polícia e os militares precisaram passar por atendimento médico e corpo de delito após sofrerem ferimentos". 

A PM informa ainda que toda a ação policial foi filmada por uma câmera corporal acoplada ao colete balístico e as gravações foram anexadas ao Termo Circunstanciado de Ocorrência. A Corregedoria-Geral da Corporação já identificou os policiais militares e instaurou Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos agentes, que permanecerão afastados do serviço. A Polícia Civil informa que o caso foi registrado na Seccional do Comércio. Os envolvidos no ocorrido foram ouvidos e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) registrado.
 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA