Parque do Utinga continua a registrar aglomerações à entrada

Administração diz que não se responsabiliza por área externa ao parque

Redação integrada de O Liberal

A manhã deste domingo (20) foi marcada por uma grande procura de famílias e, mais uma vez, registros de aglomerações em filas na porta do Parque Estadual do Utinga, no Curió-Utinga, em Belém.

A administração do parque ambiental diz que a situação ocorre porque efetua um controle rígido sobre a entrada da área. Segundo regras estaduais e flexibilização do acesso ao público, a lotação não pode exceder os 50% da capacidade durante a pandemia. A entrada é suspensa quando a lotação alcança as 2.500 pessoas. Novas entradas só são permitidas quando outras pessoas saem da área do parque ambiental.

Porém, o que acontece do lado de fora segue em desacordo com os protocolos de segurança epidemiológica contra a covid-19 no Estado - regras foram estabelecidas para a abertura de parques em todo o Pará. As pessoas que procuram o parque seguiram se amontoando à porta do parque durante toda a manhã, sem maiores orientações de respeito ao distanciamento na fila.  

Entrada só é liberada quando lotação permite (Thiago Gomes / O Liberal)

A redação integrada de O Liberal pediu nota à organização social Pará 2000 para explicar mais uma vez porque as aglomerações seguem acontecendo sem ordenamento nenhum à porta do Parque Utinga. Desde o dia 7 de setembro, o primeiro grande feriado após a abertura das áreas verdes na Grande Belém, a situação tem se repetido.

Procurada pela reportagem na ocasião, há cerca de duas semanas, a OS que administra o parque ambiental disse que a área externa do parque não é da responsabilidade da administração.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM