Início das chuvas acende alerta sobre alagamentos e transtornos em Belém

João Thiago Dias

Com os primeiros sinais do início do período de chuvas constantes em Belém, alguns moradores já estão preocupados com os transtornos causados nos pontos críticos de alagamento. No bairro do Marco, próximo do canal da passagem José Leal Martins, no cruzamento com a travessa Barão do Triunfo, as reclamações são constantes mesmo quando a chuva é de pouca intensidade. 

Há quatros dias, o pedreiro Wagner Ferreira, que mora há 26 anos neste perímetro, cavou um caminho no asfalto dessa esquina, para escoar a água das poças diretamente para o canal. Ele explica que o improviso foi a única solução para amenizar a quantidade de água que acumula de um lado ao outro da pista. Com a chuva na manhã desta quinta-feira (21), o problema persistiu. 

"Alaga o ano todo, mesmo com chuva fraca. Tem uma caixa do esgoto que não tem mais vazão. O fluxo volta e inunda. Minha ideia foi jogar por cima com esse caminho para cair no canal. Tive que cavar parte do asfalto e fazer um buraco no canal", explicou o pedreiro. 

Wagner Ferreira mostra o 'canal' que abriu para que a água corra e não alague o local (Ivan Duarte / O Liberal)

E as consequências das chuvas se estendem para dentro das residências. "Na casa da minha vizinha, por exemplo, ela perdeu a parte de baixo com alagamento. A gente bate a cabeça no assoalho do teto de tanto que tivemos que aterrar. E a rua fica cheia de lama, que gera mau cheiro", detalhou Wagner. 

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), esclareceu que o procedimento realizado pelo morador não é correto. "Principalmente se a via for pavimentada, pois, ao cavar a pista, o morador estará danificando o piso asfáltico e provocando a abertura de buracos", pontuou em nota.

Planejamento para o período de chuvas

A reportagem também apurou sobre o planejamento municipal para evitar os transtornos no período de inverno amazônico. Em nota, Sesan informou que os serviços de limpeza dos canais foram intensificados desde o mês passado, já visando o período chuvoso, com ações de dragagem e limpeza manual. "A Sesan esclarece que essas manutenções são realizadas regularmente em todos os canais da cidade, mas são reforçados nesta época do ano por conta das fortes chuvas".

Para evitar alagamentos, a Secretaria informou que vem trabalhando intensamente na limpeza de bueiros da cidade. "O trabalho vem sendo feito de forma programada em Belém e nos distritos, com serviços de manutenção, recuperação e desobstrução do sistema de microdrenagem urbana", garantiu a nota.

 As áreas baixas da cidade, como a baixada do bairro do Marco, e os trechos de difícil acesso, como as áreas de canais, estão recebendo, também, serviços de capinação, limpeza de esgoto e abertura de valas, de acordo com a nota. "O objetivo é facilitar o escoamento das águas das chuvas e minimizar os problemas de alagamentos", acrescentou.

"A Sesan pede a colaboração da população para que não descartem resíduos em via pública e nem dentro de canais e que só depositem o lixo no dia e horário da coleta, conforme o calendário", concluiu a nota.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM