Força Nacional vai permanecer em Ananindeua por mais 180 dias

Em coletiva sobre operação contra o tráfico esta manhã, Segup estimou queda de 150% em crimes no município

Victor Furtado

Os homens e mulheres da tropa da Força Nacional que atuam no Pará vão permanecer em ações baseadas em Ananindeua por mais 180 dias, confirmou na manhã desta quarta-feira (24), em coletiva de imprensa, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Segup). A prorrogação foi divulgada no Diário Oficial da União de hoje.

A informação da prorrogação do prazo foi reforçada pelo coordenador das ações da Força Nacional no Pará, o major Carlos Albuquerque. Os 71 agentes da força estão no Estado desde agosto do ano passado. Desses, 30 foram destacados para ações contra crimes ambientais no interior, baseados em Marabá. Por enquanto, 41 devem permanecer em Ananindeua, para ações na Região Metropolitana de Belém.

Crimes em queda


Segundo avaliou Ualame Machado, titular da Segup, entre 2018 e os cinco primeiros meses de 2020 o município de Ananideua deixou o ranking dos 20 municípios mais violentos do País. Segundo a Segup, a redução foi de mais de 50% nos casos de  homicídios e latrocínios, ao comparar o período de janeiro a 22 de junho, dos anos de 2019 e 2020.

Esta manhã a Segup fez ainda um balanço da operação contra o tráfico de drogas que foi realizada esta manhã no município da Grande Belém. A operação “Fatum Est Ananim” reuniu mais de 200 agentes e 67 viaturas desde as primeiras horas da manhã, com objetivo de coibir o tráfico de entorpecentes e atuar no combate à violência. A ação integra a Semana Nacional de Políticas sobre Drogas, que ocorre no período de 22 a 26 de junho.

Segundo informou a Segup, a ação dura 24 horas e terá com abordagens ostensivas e 15 barreiras com fiscalizações policiais. As ações só terminam às seis horas da manhã desta quinta-feira (25). A ação ocorre dentro do município e na rodovia BR-316.

Ações são integradas pela Polícia Militar, Força Nacional e Secretaria Municipal de Trânsito (Semutran), além do Departamento de Trânsito (Detran), que atua nas vias do município e na BR-316. Já  a Polícia Rodoviária Federal atuação entre os quilômetros 0 e 9 da rodovia.

A Guarda Municipal de Ananindeua também faz incursões nas vias dos bairros localizados no município. O Corpo de Bombeiros Militar também está dando apoio à operação. 

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM