CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Dia Mundial da Capoeira: veja como a arte marcial afro-brasileira auxilia no emagrecimento saudável

A prática incluem chutes, esquivas, giros e saltos, queimando até 750 calorias por hora e trabalhando diversos grupos musculares

Lucas Quirino

Nesta sexta-feira (5) é celebrado o dia Mundial da Capoeira, arte marcial afro-brasileira que combina dança, música, acrobacias e tem forte potencial para auxiliar no emagrecimento saudável. Os treinos incluem chutes, esquivas, giros e saltos, queimando até 750 calorias por hora e trabalhando diversos grupos musculares. Além de melhorar a resistência e a força muscular, a capoeira promove bem-estar mental ao liberar endorfinas, reduzir o estresse e incentivar a continuidade da prática. A integração social nas rodas de capoeira também motiva a manter hábitos saudáveis.

A nutricionista esportiva Fabiana Batista, de Belém, explica que para ocorrer o emagrecimento é fundamental gerar déficit calórico (gastar mais calorias do que se consome), além de trabalhar a mentalidade e o sono. Com isso, a prática de exercícios, como lutas, nesse caso, a capoeira, é um dos principais fatores quando se fala em perda de calorias.  

image Capoiera ajuda no emagrecimento saudável (Foto: Cláudio Pinheiro | O Liberal)

“A capoeira é considerada um dos exercícios mais completos, por exigir e provocar adaptações nos sistemas muscular, cardiovascular, respiratório, entre outros. A prática de capoeira envolve movimentos contínuos que exigem alta demanda de energia, contribuindo para a queima de calorias e a redução de gordura corporal”, diz Fabiana.

VEJA MAIS

image Veja 3 receitas para eliminar gordura da barriga e emagrecer mais rápido
Alguns alimentos podem facilitar o processo de emagrecimento, acelerando a perda de gordura, além de garantir a saciedade de forma nutritiva

image Projeto oferece aulas de capoeira gratuitas, em Belém
Pessoas de todas as idades podem participar; saiba como

image Capoeira: expressão cultural em movimentos alia dança, música e artes marciais; vídeo
Contramestre San, do grupo Muzenza, iniciou sua trajetória na capoeira há 25 anos e reforça: 'Muda vidas'

A especialista destaca que, durante a prática da capoeira, a principal fonte de energia é o ATP (adenosina trifosfato) e, à medida que o exercício continua, o corpo começa a mobilizar gorduras de reservas para serem oxidadas nas mitocôndrias das células musculares, processo chamado de lipólise. “É um exercício físico extremamente eficaz para o emagrecimento, promovendo a utilização de gorduras como fonte de energia e a melhoria geral do metabolismo”, relata.

Capoeiristas de Belém relatam benefícios da arte marcial

Desde 2002, Saint Clayr Solano, de 39 anos, mais conhecido como contramestre San, começou sua trajetória de capoeira no Muzenza, grupo que coordena no bairro da Marambaia, em Belém. Ele explica que a capoeira é uma luta afro-brasileira que engloba várias outras vertentes como cultura, folclore, dança, artesanato, história do Brasil e filosofia de vida.

image Contramestre San explica que durante uma aula é possível perder 700 calorias (Foto: Cláudio Pinheiro | O Liberal)

“Nascida no Brasil colonial, hoje ela é a maior divulgadora da língua portuguesa e da cultura brasileira no mundo, estando presente em mais de 160 países, ensinada em português em todos eles”, conta o contramestre.

O contramestre San conta que não existem restrições para iniciar na capoeira. Tanto que, hoje, ele ministra aulas para crianças a partir de 4 anos até a idade adulta e ainda destaca vários casos em que houve mudança significativa de vida para os que decidem ‘entrar na roda para jogar’, principalmente na questão do emagrecimento e da melhoria da qualidade de vida do praticante.

“A capoeira, por ser uma modalidade que recruta todo o corpo, exige um alto gasto calórico, sendo possível, em uma única aula, perder até 700 calorias. Dessa forma, além de emagrecer, ela ajuda no fortalecimento e na definição muscular e também melhora o condicionamento”, ressalta.

image Aimeê Bordalo, de 20 anos, praticante da modalidade a 4 anos (Foto: Cláudio Pinheiro | O Liberal)

A estudante de enfermagem Aimeê Bordalo, de 20 anos, conta que encontrou na capoeira uma satisfação que não havia encontrado em outras artes marciais. Praticante da luta há 4 anos, ela relata que essa é uma das melhores opções quando se fala em qualidade de vida e manutenção da estrutura física e emagrecimento.

“Faz 4 anos que pratico capoeira, e admito que foi a que mais me surpreendeu positivamente. Como estudante de enfermagem, posso afirmar que a prática da capoeira é uma das melhores opções para quem busca uma melhor qualidade de vida. Não existe momento em que você fique parado ou entediado; é extremamente dinâmica, englobando as diferentes formas de jogo, luta, musicalidade, cultura e tradição. Sempre haverá algo novo para estudar ou conhecer”, comenta.

Lucas Quirino (Estagiário sob supervisão de João Thiago Dias, coordenador do núcleo de Atualidade) 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM