TCE-PA elege novos dirigentes para o biênio 2023-2024

Conselheira Rosa Egídia será a 22ª presidente do Tribunal e a terceira mulher a desempenhar essa função

O Liberal
fonte

A conselheira Rosa Egídia Crispino Calheiro Lopes foi eleita, nesta terça-feira (6), para dirigir o Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), no biênio 2023-2024. O pleito, realizado durante sessão plenária, também resultou na eleição do conselheiro Fernando Ribeiro como vice-presidente e do conselheiro Luis Cunha como corregedor. Os três foram eleitos à unanimidade.

VEJA MAIS

image Deputados aprovam projetos para área fiscal
Mecanismos de simplificação tributária para mineradoras e benefícios fiscais para área cultural foram votados pelo Legislativo estadual

image TCE-PA recebe Selo Ouro de Transparência Pública no Rio de Janeiro
Programa avalia nível de transparência ativa dos portais dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário

image TCE-PA melhora resultados em avaliação de desempenho dos tribunais de contas do país
Tribunal atinge a marca de 41 pontos especialmente pelas iniciativas de fiscalização e auditoria durante a pandemia

A atual presidente do TCE-PA, conselheira Lourdes Lima, parabenizou os eleitos e desejou sucesso na condução dos trabalhos. “Parabenizo a conselheira Rosa Egídia, os conselheiros Fernando Ribeiro e Luis Cunha e todos aqueles que escolheram os novos dirigentes. Tomamos todas as providências necessárias conforme manda a nossa Lei Orgânica e o Regimento Interno. Terminamos o ano em que celebramos os 75 anos do TCE muito satisfeitos”, frisou.

A nova presidente, conselheira Rosa Egídia, agradeceu pela tranquilidade do processo de eleição e se disse honrada com a nova missão. “Durante esses quase sete anos em que estou no TCE, tive a oportunidade de desempenhar papeis honrosos, como o de coordenadora da Escola de Contas Alberto Veloso, o de ouvidora, de corregedora e vice-presidente, funções que me permitiram conhecer diversas particularidades deste Tribunal. Confio que essa experiência, ainda que pouco longa, venha contribuir no desempenho dessa nova missão de administrar esta Corte”, disse.

Ela assumirá o posto mais alto do TCE-PA pela primeira vez desde o seu ingresso no Colegiado em 2016, por meio de vaga destinada a membro do Ministério Público de Contas (MPC-PA), onde atuou por mais de 20 anos como subprocuradora e procuradora de contas. Rosa Egídia será a 22ª presidente do Tribunal e a terceira mulher a desempenhar essa função.

Palavras-chave

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA