Réplica da Constituição levada do STF durante atos terroristas é recuperada

Informação foi divulgada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino

Emilly Melo
fonte

A réplica da Constituição Federal de 1988, levada por bolsonaristas extremistas durante os atos terroristas do último domingo (8), foi recuperada nesta quinta-feira (12). A informação foi divulgada nas redes sociais do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. Com informações do Metrópoles.

VEJA MAIS

image AGU pede bloqueio de R$ 6,5 milhões de empresas e pessoas por atos de 8 de janeiro; veja a lista
Advocacia-Geral da União faz pedido à Justiça Federal do DF e diz que valor pode aumentar

image Número de presos em ataques às sedes dos 3 Poderes em Brasília chega a 1.159; veja a lista
A listagem está disponível no site da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape - DF)

image Esplanada fica restrita e Três Poderes é protegido por Força Nacional após ameaças
Advocacia-Geral da União vê nova tentativa de ameaça ao Estado Democrático de Direitos

O item foi apreendido pela Polícia Federal em São Lourenço (MG), com um dos participantes da invasão aos Três Poderes. Pelas redes sociais, no último domingo (8), Flávio Dino confirmou que a cópia havia sido levada durante a invasão ao Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta quinta-feira, o ministro comemorou a recuperação do item: “Viva a Constituição! Ela venceu e sempre vencerá”, escreveu.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA