Helder acerta detalhes com embaixador chinês sobre ajuda ao Estado

Próxima conversa entre o governador e o diplomata deve ocorrer na segunda-feira (30)

Redação Integrada

Até segunda-feira (30), Helder Barbalho vai conversar novamente com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, para atualizar o processo da ajuda que o país asiático deve oferece ao Pará, no trabalho de prevenção e combate ao novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo próprio governador, em suas redes sociais.

Em ofício assinado no último sábado (21), o chefe do Poder Executivo paraense pedia apoio do governo Chinês para o combate à covid-19, buscando parceria para aquisição de materiais médicos, sanitários, respiradores e testes rápidos, além de insumos para detectar a doença.

O principal pedido do governador envolvia a aquisição de respiradores, testes rápidos e leitos de UTI, com os insumos necessários, segundo informações divulgadas pela agência de notícias oficial do governo do Estado.

Nesta quinta-feira (26), em suas redes sociais, o governador informou que falou com o embaixador chinês na última terça-feira (24). Foi Yang Wanming quem entrou em contato e pediu que Helder detalhasse os pedidos feitos. Ainda segundo o governador, eles devem conversar novamente até a próxima segunda-feira. “Estamos juntos nessa batalha contra o coronavírus”, escreveu Helder, seguido das bandeiras do Brasil e da China. O país asiático é um dos principais parceiros comerciais do Pará.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!