Deputado quer proibir recurso público para eventos que 'satirizem' religião cristã

Projeto de Lei será apreciado nesta terça-feira (25), em Belém

O Liberal
fonte

Onze projetos de lei estão na pauta dos deputados estaduais, nesta terça-feira (25), na Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), no bairro da Cidade Velha, em Belém. São proposições pertinentes às áreas da cidadania da pessoa idosa e também de setores cultural, de auxílio financeiro, e até de cunho religioso. Sobre esse último, a proposta de nº 94/2019 quer proibir o repasse de verbas públicas para o pagamento de eventos, desfiles carnavalescos, espetáculos, passeatas e marchas, entre outras manifestações, que sejam consideradas desrespeitosas ou satirizem à religião cristã, os dogmas e crenças desta denominação religiosa. O projeto é de autoria do deputado Fábio Freitas.

Na justificativa do projeto, Fábio Freitas recorda que no desfile carnavalesco deste ano em São Paulo, a Escola de Samba "Gaviões da Fiel" simulou uma luta entre Satanás e Jesus Cristo, com o demônio como vencedor. 

VEJA MAIS 

image Círio 2022: praticantes de religião de matriz africana fazem homenagem a Nossa Senhora de Nazaré
A homenagem ocorreu em Ananindeua, durante o traslado da imagem peregrina

image Anitta pede respeito ao candomblé, religião de que é adepta
Anitta também falou sobre "notícias tendenciosas"

image Parlamentares europeus discutem direitos humanos na Alepa
Parlamentares relataram preocupação com danos ambientais na Amazônia e questionam futuro de acordo comercial entre UE e Mercosul

"Essa apresentação foi ofensiva e desrespeitosa em relação à religião cristã. Não podemos considerar arte um evento revestido integralmente de intolerância religiosa", diz um trecho do PL do parlamentar, que tem parecer favorável das Comissões de Justiça, Finanças e Direitos Humanos da Alepa. A expectativa é de intensos debates sobre a polêmica proposição.

Inclusão digital acima dos 60 anos

De autoria da deputada Maria Iranilse Pinheiro, a professora Nilse, deve ser apreciado também o projeto de lei de nº 377/2021, que institui uma campanha permanente para a capacitação à conexão digital de pessoas acima de 60 anos. 

Conforme a proposição, os órgãos públicos deverão tomar medidas para garantir capacitação à pessoa idosa, através de oficinas sobre as novas tecnologias da informação, bem como, estabelecer programas voluntários para a inclusão digital. Este PL também tem pareceres favoráveis das Comissões de Justiça, Finanças e Defesa do Consumidor.

Financiamento de veículos

O deputado Adriano Coelho terá, em apreciação preliminar, o projeto dele, de nº 76/2021, que dispõe sobre o financiamento de carros para profissionais de segurança pública estadual. Coelho defende que o governo do Estado crie uma linha de financiamento de 40% do valor total do veículo para policiais militares e civis, através do Banpará. Esta proposta já tem parecer contrário da Comissão de Justiça.

Entre os outros oito projetos previstos para o plenário, nesta terça-feira, destaques para o PL de nº 250/2022, de autoria do deputado Thiago Araújo, que declara a "Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré" patrimônio cultural de natureza imaterial; e, ainda, para a proposição da deputada Heloísa Guimarães, que defende o nome do doutor Roberto Hesketh Cavalleiro de Macedo", para a denominação do Hospital de Pronto Socorro, em construção em Belém.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA