Câmara de Belém não recebeu denúncia sobre o suposto esquema de corrupção nos transportes

Em caso de denúncia, será preciso verificar se o vereador usou o mandato

Redação Integrada

O vereador Fabrício Gama (PMN), vice-presidente da Câmara de Belém e presidente da Comissão de Ética Parlamentar da Casa, informa que o Legislativo municipal não recebeu nenhuma denúncia formal sobre o possível esquema de corrupção no setor do transporte público de Belém, envolvendo o também vereador Altair Brandão, que não compareceu à sessão de terça-feira (3).

LEIA MAIS

Dinheiro de suposto esquema no setor de transporte teria abastecido campanha

Vídeo revela suposto esquema entre rodoviários

Secretário mantém acusações a presidente do sindicato

Em caso de denúncia, será preciso verificar se o vereador usou o mandato no possível esquema de corrupção. "Se houve propina, se tem qualquer indicio de que ele usou o mandato em causa própria, é outra história. A matéria do jornal em si é um indício que exige mais apuração pelo Ministério Público, criminalmente”.

Porém, se houver indícios de envolvimento do mandato, a Comissão de Ética recebe a denúncia, abre uma audiência, chama o denunciante e o denunciado, para que eles possam expor seus argumentos e defesa, e analisa o caso. "Aí a gente emite um parecer, que se for por qualquer tipo de punição, vem para o plenário e o plenário julga”. Nesses casos, podem ser aplicadas medidas disciplinares, entre elas, a suspensão do mandato ou a cassação, caso seja comprovado má-fé e uso do mandato para a prática do crime.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!