Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente Jair Bolsonaro entrega cestas de alimentos em Belém

O evento está previsto para às 15h30, no 8º Depósito de Suprimentos, no bairro da Pratinha

Keila Ferreira

O presidente Jair Bolsonaro estará em Belém, na tarde desta sexta-feira (23), para participar da entrega de cestas de alimentos do programa Brasil Fraterno, no 8º Depósito de Suprimentos, localizado na Rodovia Arthur Bernardes, no bairro Pratinha II. De acordo com informações divulgadas no site do Planalto, o evento está previsto para às 15h30.

Leia mais:

Presidente Jair Bolsonaro desembarca em Belém nesta sexta-feira, 23

Ainda não foram confirmados os nomes de todas as autoridades que vão acompanhar a viagem presidencial. Entre já anunciados, está o ministro da Cidadania, João Roma, e o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Gilberto da Silva. Também acompanhará a comitiva o deputado federal Éder Mauro (PSD-PA), que está à frente da organização dos grupos que vão recepcionar o presidente em sua chegada à capital paraense.

Esta será a terceira visita do presidente à cidade, desde que foi eleito. A última vez que Jair Bolsonaro esteve em Belém foi em agosto de 2020, participando da inauguração da primeira etapa do projeto Porto Futuro. Ele ficou cerca de duas horas na capital paraense. Na ocasião, apoiadores lotaram a avenida Doca de Souza Franco, com bandeiras e camisas com a foto do presidente. Recebido com queima de fogos de artifício, Bolsonaro desfilou na janela do carro, acenando para as pessoas.

De acordo com o deputado Éder Mauro, a previsão é que o presidente desembarque por volta das 15h, na base aérea de Belém, acompanhado de alguns ministros. Ele virá de Manaus, de onde participa, durante a manhã, da “Cerimônia de Inauguração do Pavilhão de Feiras e Exposições do Centro de Convenções do Amazonas”.

Na noite da última quarta-feira (21), Éder Mauro participou de uma reunião com lideranças conservadoras da Grande Belém e de alguns outros municípios do interior, para tratar sobre a vinda do presidente à capital paraense.

“Nós convocamos a todos, inclusive pelas redes sociais, a participarem na chegada do presidente. É difícil a gente prever hoje (número de participantes), pelas questões que se está vivendo, mas acredito pela força que o presidente tem que vai dar um grande número de pessoas”, disse o parlamentar.

A previsão é que o presidente fique cerca de uma hora e meia na cidade e, em seguida, retorne à Brasília.

BRASIL FRATERNO

O projeto Brasil Fraterno objetiva arrecadar e doar cestas de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. Ele é coordenado pelo Programa Pátria Voluntária, que tem a primeira dama Michelle Bolsonaro como presidente do seu Conselho. Também integram a rede, que tem avançado com a iniciativa, o Ministério da Cidadania e o Sistema S. De acordo com o Ministério da Cidadania, no Pará, serão distribuídas 468.155 cestas de alimentos para 178.173, o que resultou em um investimento de, aproximadamente, R$ 65,5 milhões. Cada cesta reúne produtos como arroz, feijão, óleo vegetal, macarrão, flocos de milho, farinha de mandioca, açúcar e leite em pó.

No evento desta sexta, com a participação do presidente Jair Bolsonaro, ainda segundo o Ministério da Cidadania, as autoridades entregarão cestas a duas famílias, em ato simbólico, representando os demais beneficiários e respeitando os protocolos de prevenção à covid-19. Os municípios contemplados com a entrega dos alimentos serão: Altamira, Ananindeua, Belém, Bragança, Breves, Cametá, Capitão Poço, Cumaru do Norte, Curuçá, Gurupá, Itaituba, Jacareacanga, Macapá, Marabá, Novo Repartimento, Oiapoque, Oriximiná, Ourilândia do Norte, Paragominas, Porto de Moz, Santarém, São Félix do Xingu, Soure, Tomé-Açu, Tucuruí e Tumucumaque.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA