Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bolsonaro diz na Cúpula de Biden que democracia mundial pode contar com Brasil

Presidente também ressaltou que o governo brasileiro valoriza o direito à livre expressão

Agência Estado

O presidente Jair Bolsonaro afirmou durante a Cúpula pela Democracia - evento virtual convocado pelo presidente americano, Joe Biden, com a presença de mais de 100 líderes mundiais - que o mundo pode contar com o Brasil para fortalecer a democracia.

"Contem com o Brasil para contribuir com o fortalecimento da democracia no mundo, com pleno respeito à soberania e à independência das nações", disse Bolsonaro em vídeo gravado ontem e exibido aos líderes nesta sexta-feira, 10. A fala vem apenas três meses após o presidente ter que publicar uma carta à nação para sinalizar compromisso com o Estado de Direito após fazer discursos de tom antidemocrático nos atos de 7 de setembro

No pronunciamento desta sexta-feira (10), Bolsonaro ainda parabenizou Biden, com quem já trocou farpas públicas, pela convocação da Cúpula. "É uma oportunidade de renovar, no mais alto nível, o compromisso comum com a democracia e combate à corrupção", afirmou. "Temos trabalhado com determinação para forjar cultura de diálogo, liberdade e inclusão social", acrescentou. O teor do discurso foi antecipado ontem pelo Ministério das Relações Exteriores, como mostrou o Broadcast Político.

O presidente também ressaltou que o governo brasileiro valoriza o direito à livre expressão. "Inclusive na internet, algo essencial para com funcionamento de uma democracia saudável. Valorizamos o direito de todos de expressarem suas opiniões e de serem ouvidos", afirmou, no momento em que vive uma nova tensão com o Supremo Tribunal Federal (STF) depois de o ministro Alexandre de Moraes abrir investigação contra a live em que o presidente fez uma falsa relação entre vacinas contra covid-19 e Aids.

De acordo com o chefe do Executivo, a proteção aos direitos humanos é um valor inerente ao governo e orientador de políticas públicas no País. "Reafirmo nossa determinação de proteger e respeitar direitos humanos e liberdades fundamentais", sustentou Bolsonaro.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA