Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vigilante é executado a tiros por dupla em motocicleta; vítima estava sentada na calçada

Imagens de câmeras de segurança flagram o instante em que o crime acontece e pelo menos setes disparos são efetuados contra o vigilante

O Liberal

Um vigilante, que não teve o nome divulgado, foi morto a tiros na noite deste domingo (3), no município de Capitão Poço, nordeste do Pará. Dois suspeitos em uma motocicleta se aproximaram da vítima, ainda não identificada, e realizaram os disparos. Até o momento ninguém foi preso.

VEJA MAIS

Dupla executa mulher a tiros e deixa outra ferida no sudoeste do Pará
Testemunhas disseram que dois homens em uma motocicleta atiraram contras as vítimas. Jessica morreu dentro do quarto de uma casa em uma vila de aluguel, localizado na parte leste da cidade

Câmera registra execução a tiros no meio da rua em Tucuruí; vídeo
Hebert Silva, de 26 anos, foi assassinado por dois homens em uma motocicleta

Pecuarista é executado a tiros por dupla em motocicleta, em Novo Progresso
Vítima estava dentro de um carro particular quando foi abordada pelos criminosos, que fizeram vários disparos em sua direção

Imagens de câmeras de segurança flagram o instante em que o crime acontece. A vítima estava sentada numa calçada acompanhada de uma mulher, que também não foi identificada. Em seguida, os suspeitos se aproximaram das pessoas e o garupa sacou um revólver. Ele já desce do veículo atirando. A mulher corre assustada e a vítima é atingida. O homem cai no chão e o suspeito se aproxima e realiza mais disparos. Pelo menos sete tiros foram efetuados. O autor dos disparos ainda recolhe os pertences das vítimas e depois ele retorna para a moto e foge com o piloto.

Pela filmagem é possível ver que o responsável pelos disparos usava uma camisa e bermuda de cores escura. O piloto vestia uma camisa verde e bermuda branca. A motocicleta utilizada no crime era da cor vermelha e não é possível identificar a placa pelas imagens. Não foi informado se a mulher que conversava com a vítima ficou ferida após os tiros. 

A Polícia Civil informou que o vigilante teve sua arma roubada após o crime e que a mulher que estava com ele também ficou ferida. Ela foi encaminhada uma unidade de saúde e não há informações sobre o seu estado. O caso segue em investigação pela PC de Capitão Poço. As diligências seguem na tentativa de identificar os envolvidos.

Ajude a Polícia

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA