Treinadora de voleiball, paraense é assassinada a facadas pelo namorado em Joinville

Depois do crime, o homem tentou cometer suicídio

Redação Integrada

De acordo com a Polícia Civil de Joinville, Estado de Santa Catarina, a paraense Taináh Carneiro de Castro, de 23 anos, foi morta a facadas na manhã do último domingo (29), em Joinville-SC, e o suspeito é o companheiro da vítima que, após o crime, foi encaminhado ao hospital, por ter tentado suicídio. A redação integrada aguarda retorno da Polícia Civil do Pará sobre maiores desdobramentos da investigação em curso no outro estado.

Taináh Carneiro de Castro era formada em Educação Física e treinadora de voleiball. Segundo informações prelimiares, ela teria ido morar recentemente no sul do país para acompanhar o namorado. O feminicídio teria ocorrido por volta das 6h, no bairro Petropólis, zona Sul da cidade. Vizinhos afirmaram à polícia que na madrugada o casal havia discutido.

A Polícia Militar local informou que a vítima estava em casa quando foi esfaqueada pelo namorado. Ela sofreu perfurações no tórax e pescoço, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Depois do crime, o homem teria tentado cometer suicídio. Ele recebeu atendimento e foi encaminhado ao hospital. Segundo o delegado, ao receber alta, ele será levado à Central de Polícia.

O caso está sendo tratado pela polícia de Joinville como um feminicídio. A faca usada no crime foi apreendida e passará por perícia. A Polícia Civil segue investigando o caso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA