Suspeitos de participação em morte de cabo da PM são mortos em Benevides

O cabo Fernando foi morto na terça-feira (09), com golpes de terçado e tiros da própria arma

Dois homens, que seriam suspeitos de participar do assassinato do cabo Marcos Fernando dos Santos Lira na última terça-feira (09), foram mortos a tiros na manhã desta quinta-feira (11) em Benevides, região metropolitana de Belém. Segundo a Polícia Militar, ambos teriam reagido a uma abordagem e, por isso, morreram em confronto em uma troca de tiros.
 

Leia mais

Cabo da Polícia Militar é morto em Benevides


Em nota, a Polícia Militar do Pará informou que era por volta de 9h30m quando guarnições do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) e 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (2ª CIPM) iniciaram uma operação em Benevides para localizar os envolvidos na morte do cabo Fernando. Os policiais militares realizaram um levantamento sobre o local onde os suspeitos estariam e mobilizaram as equipes para deslocamento à invasão Vitória, na Estrada do Maratá, a fim de identificar e prender os suspeitos. 

Na chegada ao local, perto de onde o PM foi assassinado, os policiais alegam que foram recebidos a tiros por três homens armados e imediatamente revidaram os disparos para cessar a agressão. Dois homens, identificados como Claudenildo Silva da Silva e Fernando dos Santos Negrão foram atingidos durante o tiroteio.

Ambos foram levados pelos próprios policiais de viatura ao hospital, onde o óbito foi confirmado. "Informações preliminares do setor de Inteligência da PM indicam que eles são suspeitos de envolvimento na morte do policial militar", disse a Polícia Militar.

Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38, com dois cartuchos, uma espingarda calibre 36, com um cartucho, e uma quantidade de maconha. Todo material foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Benevides.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!