Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de tráfico e associação criminosa é preso em Melgaço, na ilha do Marajó

As investigações seguem em curso e novas fases da operação devem ser desencadeadas

O Liberal

Lucas de Oliveira Chaves, conhecido como Lucas Drop, foi preso nesta quinta-feira (22) suspeito dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico em Melgaço, na ilha do Marajó. A ação fez parte da primeira fase da operação “Arapuca”, na qual policiais da 8ª Superintendência Regional de Polícia Civil do Marajó (Sudepol) também cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa de Hernandes Rodrigues de Souza, em Breves. As informações são do site Notícia Marajó.

Os agentes também apreenderam aparelhos celulares, máquinas de cartão de crédito, notebook e uma motocicleta Honda Broz cor vermelha. As investigações seguem em curso e novas fases da operação devem ser desencadeadas.

O delegado titular da Sudepol, Paulo Junqueira, que comandou a operação, explicou que o trabalho foi executado por policiais das equipes de plantão de Breves e de Melgaço. Segundo o delegado, a investigação teve início no dia 10 de agosto, quando os policiais prenderam Hernandes, que atualmente está em liberdade provisória. Com ele, a polícia encontrou 44 pedras de oxi e um bloco compactado de cocaína.

A partir da prisão de Hernandes, a polícia conseguiu os mandados judiciais cumpridos nesta quinta-feira. Os policiais tiveram autorização judicial para quebrar o sigilo telefônico de ambos e teriam confirmado que Hernandes e Lucas Drop traficavam entorpecentes nas duas cidades, além de atraírem jovens “cambistas” para o tráfico.

Em nota enviada à Redação Integrada de O Liberal, a Polícia Civil informa que apreendeu com o suspeito Lucas de Oliveira Chaves porções de drogas do tipo oxi e cocaína. Também foram apreendidos objetos como celulares, máquinas de cartão e notebooks. As investigações seguem em andamento para identificar outras pessoas envolvidas.
 
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA