CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Suspeito de envolvimento na morte de casal de idosos é preso em Mosqueiro

O celular de uma das vítimas foi encontrado na casa onde o homem estava escondido

O Liberal
fonte

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de envolvimento na morte de Maria Lindalva dos Santos, de 72 anos, e Edinaldo Gomes da Silva, 63, um casal de idosos de Mosqueiro, distrito de Belém, encontrados mortos no último domingo (26). Segundo a PC, Jeferson Carlos Cardoso de Oliveira estava escondido na casa de familiares, local onde foi encontrado o telefone de uma das vítimas, Lindalva. A princípio, o caso é tratado pelas autoridades como latrocínio

Os corpos das vítimas foram localizados dentro de casa que moravam, pela manhã de domingo (26), sobre a cama e apresentando lesões provocadas por arma branca. Pessoas relataram à polícia que bens econômicos dos idosos tinham sido levados, o que reforçou a hipótese de um roubo seguido de morte

Pelo bairro Aeroporto, região onde Lindalva e Edinaldo residiam, os policiais civis levantaram que, nos últimos dias, circulavam comentários de que os idosos, supostamente, iriam receber o dinheiro de uma aposentadoria. Uma das linhas de investigação policial é de que pessoas más intencionadas tinham em mente pegar o valor recebido pelos idosos da suposta aposentadoria

Depois de buscas e com a ajuda da inteligência da Seccional de Mosqueiro, responsável por apurar o caso, a Polícia Civil conseguiu chegar até Jeferson. Assim que ele foi localizado junto do celular da idosa assassinada, o suspeito negou aos agentes que estava em posse do aparelho telefônico de Lindalva.

Jeferson alegou à PC que teria perdido o celular em uma festa. Ao voltar para casa, possivelmente, teria achado o celular da idosa no chão, sem chip. Ainda de acordo com a polícia, o homem demonstrou contradições durante o interrogatório, além de ser verificado indícios da participação dele no crime

A partir de imagens de câmeras de segurança, a polícia constatou que Oliveira tinha passado, ao menos, uma hora vagando em frente a casa das vítimas.  Com isso, foi dada voz de prisão em flagrante para o suspeito. As roupas de Jeferson foram coletadas e enviadas para perícia, para identificar a presença ou não de sangue humano nas vestes. 

Em nota, a Polícia Civil informa que um suspeito foi preso em flagrante pelo crime de latrocínio ocorrido no último domingo (26). “Equipes da Seccional de Mosqueiro trabalham para identificar se há outros envolvidos no crime”, comunicou.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA