Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Quase uma tonelada de drogas é destruída no Pará neste final de semana

Mais de 800 quilos da droga foram destruídos na tarde desta sexta em Altamira. Outros entorpecentes foram destruídos em Novo Repartimento.

O Liberal

Após a apreensão de 871,3 quilos de cocaína em Altamira, no Pará, a Polícia Federal encaminhou uma amostra para a perícia e destruiu o restante. A incineração das drogas ocorreu em Altamira mesmo, no final da tarde desta sexta-feira (30). Mas essa não foi a única destruição de drogas deste final de semana. Neste sábado (31), mais de 70 quilos de outros entorpecentes foram eliminados em Novo Repartimento.

A primeira carga de drogas foi apreendida na quinta-feira (29), durante uma fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na rodovia Transamazônica (BR-230). Uma carreta tinha um fundo falso. As drogas estavam num compartimento secreto na carroceria. O veículo tinha placa do Mato Grosso. O motorista foi preso em flagrante por tráfico. Havia 871,3 quilos de cocaína.

Nesta sexta, as drogas foram encaminhadas para um espaço seguro, sem identificação e afastado da população. Mais de 800 quilos foram completamente destruídos. A perícia no restante da carga apreendida é necessária para constatar eventuais alterações e tipos diferentes de entorpecentes, que podem ser novas drogas e com novos componentes e fórmulas ainda desconhecidas.

As investigações da Polícia Federal agora são para identificar o fornecedor das drogas e quem seriam os clientes do caminhoneiro preso.

Já em Novo Repartimento, área centro-sul do Pará, após duas operações na região, a Polícia Civil levou uma carga de quase 72 quilos de drogas para incineração. O local também foi mantido em sigilo por segurança e era afastado da população. Na manhã deste sábado (31), foram destruídas 71,290 kg de maconha, várias mudas da erva, 45 gramas de cocaína e 490 gramas de óxi.

As operações da PC em Novo Repartimento foram o começo de uma série de ações das forças de segurança estaduais, como informa a corporação. Outras investigações seguem para localizar traficantes, fornecedores e compradores dos entorpecentes.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA