logo jornal amazonia

PRF apreende mais de R$ 2,5 milhões em porta-mala de carro em estrada no Pará

Motorista, de 49 anos, vinha de Brasília, foi autuado e será investigado. O dinheiro estava escondido em caixas de papelão e o veículo trafegava na rodovia BR-010

Camila Guimarães
fonte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na última terça-feira (11), a quantia de R$ 2.508.500,00 em espécie, durante fiscalização no km 81 da rodovia BR-010, no município de Ulianópolis, sudeste paraense. O dinheiro estava escondido em caixas de papelão dentro do porta-malas de um veículo que trafegava na rodovia. O condutor, de 49 anos, foi encaminhado à Polícia Federal para a realização das medidas cabíveis. A informação foi divulgada pela PRF, na manhã da quarta-feira (12).

VEJA MAIS

image Sem cabeça: homem é decapitado no bairro do Guamá na manhã desta quarta-feira (12)
Ocorrência foi registrada por volta das 5h pelo Centro Integrado de Operações (Ciop)

image Paraense que morreu em Canoa Quebrada tinha sido baleado em restaurante na Marambaia
Em maio deste ano, Sérgio Murilo Lima de Santana foi baleado de raspão na cabeça e nas mãos durante troca de tiros entre policiais federais e assaltantes em um estabelecimento de Belém

image Dupla em moto atira contra homem na avenida Mario Covas e foge; vítima morreu no local
A vítima estava de moto e foi abordada por outros dois homens de moto, que atiraram e fugiram em seguida

Segundo a PRF, em abordagem a um veículo Toyota/Corolla com emplacamento do Distrito Federal, a equipe notou contradições nas respostas dadas pelo condutor acerca de seu trabalho e sobre a motivação de sua viagem quando questionado.

Diante das suspeitas, a equipe realizou revista no interior do veículo e encontrou 4 caixas de papelão com a quantia em dinheiro em espécie, composta apenas por notas de cem reais. Questionado sobre a origem do dinheiro, o condutor ficou nervoso e afirmou que seria proveniente de atividades com aluguéis de carros.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Pará, Diego Patriota, disse nesta quarta-feira (12) que a apreensão “pode ser a ponta de um iceberg, considerando que foi identificado, dentre os pertences desse cidadão de 49 anos, identificações que davam a ele acesso ao Congresso Nacional”, de acordo com nota da PRF. 
 
Para os agentes federais, o suspeito não informou a procedência do dinheiro, o que reforça a suspeita das autoridades policiais. O caso foi apresentado à Polícia Federal, em Belém, que deverá dar continuidade às investigações para esclarecer a origem do dinheiro e quem seria beneficiado com o montante.
 
“A abordagem aconteceu no km 81 da BR-010 no município de Ulianópolis, aqui no estado do Pará, quando um veículo com placa de Brasília passou pela nossa equipe e demonstrou certo desconforto. Os policiais realizaram a abordagem e ele alegou que estava vindo a Belém do Pará encontrar a namorada e, quando questionado, ele alegou que era funcionário da Justiça Federal. Os colegas curiosos sobre como funciona essa atividade, ele não conseguiu explicar mais. Ficou bastante nervoso”, revelou Diego Patriota.
 
O superintendente acrescentou que, a partir deste momento, os policiais, então, passaram a proceder com uma verificação mais minuciosa, inclusive no veículo. “Foram ao porta-malas e identificaram quatro caixas com diversos pacotes de conjuntos de cédulas de cem reais, que totalizavam dez mil reais, cada pacote desse, e um total de 2,5 milhões de reais, sem a menor procedência.”
 
“Diante da ocorrência, os policiais decidiram levar até a sede da Polícia Federal, aqui na capital, para que pudesse identificar a razão daquele transporte. Então, cabe agora à Justiça identificar todo esse material. Esse ano, comparando com o ano passado, a PRF já apreendeu quase três milhões e cem mil reais ao longo das nossas rodovias, aqui no estado do Pará”, declarou Patriota.

Em nova nota divulgada na noite da quarta-feira (12), a Polícia Rodoviária Federal esclareceu que, "cabe à Polícia Federal e à Justiça Eleitoral, a tipificação penal da ocorrência, os procedimentos cabíveis e a análise da possibilidade da quantia em dinheiro apreendida estar vinculada a um crime eleitoral".

"Não ratificamos qualquer narrativa, principalmente nessa etapa de análise do mérito pelas autoridades competentes. Reiteramos o nosso compromisso no combate ao crime organizado e com a segurança pública, atuando com cidadania e protegendo vidas!", detalhou a nova nota.

Polícia Federal

Em nota, a Polícia Federal do Pará informou que foi identificado pela equipe de policiais rodoviários federais pessoa em posse de grande quantidade de dinheiro no interior de seu veículo sem origem lícita comprovada. "A presente ocorrência envolve indício de crime de lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei 9.613/98).",

"As primeiras medidas de polícia judiciária foram adotadas no tratamento inicial da ocorrência, com vistas ao esclarecimento da hipótese criminal, tais como oitivas, apreensão de aparelhos telefônicos e apreensão de aproximadamente R$ 2.508.500,00", finalizou a PF.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA