Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Policial militar da reserva é baleado no Curuçambá; suspeito é preso horas depois

O caso teria começado com uma briga, e o PM teria sido atingido por tiros que não eram direcionados a ele, segundo contou o suspeito detido

O Liberal

No começo da noite da última segunda-feira, 11, um policial militar da reserva foi baleado no bairro do Curuçambá, em Ananindeua, em um caso que se desdobrou até resultar na prisão de um dos envolvidos. O caso teria começado com uma briga, e o PM teria sido atingido por tiros que não eram direcionados a ele, segundo contou o homem detido.

Segundo informou o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), eles receberam a informação de que o sargento da reserva Valdirlúrcio Souto havia sido baleado na perna por volta das 18h, sendo socorrido e levado ao Hospital Santa Maria. Imediatamente, as guarnições do 6° BPM, em posse de uma imagem do veículo usado pelos suspeitos de terem atirado no policial, iniciou as diligências em busca do carro.

Eles sabiam que o veículo era um Fiat Punto, de cor verde, já que conseguiram uma foto da placa por causa de uma foto que circulava nas redes sociais. Chegando em uma casa, na Estrada do Icuí com a avenida Independência, foi possível observar pelo portão da residência o suspeito fugindo pelos fundos, em direção aos quintais vizinhos, correndo assim que viu os policiais.

Por causa da possibilidade de fuga, já havia sido feito o cerco pelas guarnições e, após aproximadamente uma hora de buscas, que contou inclusive com o apoio do advogado do suspeito, Flaviano de Miranda Freitas foi detido. Segundo a PM, ao realizar a busca em seu veículo, foram encontrados quatro estojos deflagrados de calibre 38. Ao ser indagado sobre a arma utilizada no crime, o homem disse que ela ficou com os outros dois envolvidos no caso, e não soube informar o paradeiro deles.

Segundo os policiais que participaram da prisão, Flaviano deu sua versão para o que ocorreu. O homem contou que ele e mais duas pessoas estavam no carro quando atropelaram um cachorro. O dono do animal teria ficado na frente do veículo, revoltado e impedindo a passagem. Nesse momento, um dos ocupantes do carro desceu e travou uma luta com esse homem. Com o desenrolar da confusão, o outro ocupante do carro desceu e disparou contra o homem que brigava com seu amigo. Foi nesse momento que o policial, que estava próximo de toda essa ação, teria sido atingido.

Diante dos fatos, Flaviano foi conduzido para a Seccional da Cidade Nova para os procedimentos cabíveis, e lá, compareceu uma vítima que informou ter entrado em luta corporal com os três envolvidos na situação e reconheceu Flaviano como envolvido no caso. Flaviano foi autuado por tentativa de homicídio, segundo informou o 6º BPM.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA