Policial militar da reserva é morto com quatro tiros no bairro do Coqueiro

Crime ocorreu em frente a uma pequena mercearia, atrás de uma mesa de bilhar

Redação Integrada

Um policial militar da reserva foi morto a tiros, na noite desta sexta-feira (11), no bairro do Coqueiro, em Belém. O crime ocorreu por volta das 18h na Rua Principal do Conjunto Residencial Manassés, que dá acesso a Avenida Central, no bairro Conjunto Sideral. A vítima foi morta atrás de uma mesa de bilhar.

Segundo informações preliminares, o sargento Antônio Avelino Ferreira de Araújo foi surpreendido por um homem, que pilotava uma motocicleta branca e efetuou os disparos.

O policial militar morreu antes de ser socorrido e foi alvejado com pelo menos quatro tiros. Viaturas da Polícia Militar (PM) foram acionadas para realizar buscas na tentativa de localizar o atirador.

De acordo com moradores do conjunto, Antônio Avelino costumava jogar bilhar no local do crime, às sextas-feiras. Ele foi visto desde as 13 horas na frente da mercearia, bebendo cerveja e jogando bilhar com o proprietário do local.

Em nota, a assessoria de comunicação da PM informou que lamenta a morte de Antônio Avelino e que oCentro Integrado de Psicologia e Assistência Social da Polícia Militar (Cipas) está prestando apoio à família da vítima.

CASOS ESCLARECIDOS

Nos dois casos de mortes de policiais militares na primeira quinzena de 2019, a Polícia Civil identificou e chegou até os acusados.

Na quinta-feira (10), o sargento Max Pedro da Silva Ferreira, 48, foi morto em Mosqueiro por dois suspeitos, em frente de um mercadinho, no bairro de Carananduba. Na fuga, a dupla levou a arma do policial militar. Na madrugada desta sexta-feira, o suspeito de envolvimento na morte do policial militar reagiu a uma abordagem e morreu após troca de tiros.

Na quarta-feira (9), o também sargento José Nazareno Barbosa Feio, 50, morreu carbonizado durante um incêndio criminoso, na Avenida Dom Vicente Zico (Arterial 18), em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. Nesta sexta-feira, um jovem de 18 anos, suspeito de matar o policial militar, foi preso em Mocajuba.

Polícia