Policial civil aposentado é executado a tiros dentro da própria residência, em Capitão Poço

Agnaldo Assis de Andrade, conhecido como "Navalhada", era figura conhecida e atuante na política do município

Redação integrada de O Liberal

O policial civil aposentado Agnaldo Assis de Andrade, conhecido como "Navalhada", foi assassinado a tiros dentro de sua própria residência, localizada na rua Henrique Félix, no município de Capitão Poço, nordeste paraense, na noite do último domingo (23). Ninguém foi preso.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima teria sido executada por um homem encapuzado que chegou em uma motocicleta ao local do crime. Vizinhos relatam que ouviram pelo menos cinco disparos de arma de fogo vindos de dentro da residência de Agnaldo.

"Navalhada" era uma figura conhecida em Capitão Poço e atuante na política do município. O ex-candidato a governador do Pará Zé Carlos do PV comentou o episódio em seu blog e afirmou que o policial aposentado denunciava irregularidades e crimes eleitorais, e que recebia ameaças constantemente.

Após cometer o crime, o assassino fugiu do local. A Polícia Civil informou que está apurando o caso. Quaisquer informações que possam ajudar na identificação e localização do suspeito, podem e devem ser repassadas ao Disque-Denúncia (181) ou ao Centro Integrado de Operações (190). Não é necessário se identificar e a ligação é gratuita.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA