Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Civil prende líderes religiosos suspeitos de estupros em Santarém

Pelo menos quatro vítimas foram identificadas, entre elas, duas adolescentes

Victor Furtado, com informações do G1 Santarém

A Polícia Civil prendeu Paulo Esquerdo e Rosiane Esquerdo, em Santarém, na manhã desta quarta-feira (20). Eles são líderes religiosos em uma igreja evangélica da cidade, no oeste do Pará, e alvos da operação "Rei Deposto". O objetivo era cumprir dois mandados de prisão preventiva contra eles, pelas suspeitas de estupro e aliciamento de crianças e adolescentes. Uma jovem, entre quatro vítimas identificadas, pode estar grávida do religioso.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, pelo juiz Alexandre Rizzi. Nas investigações conduzidas pela delegada Andreza Alves e o delegado Madson Castro, em nome da igreja, Paulo e Rosiane prometiam curas milagrosas. Essas curas envolviam relações sexuais. As denúncias começaram a chegar em dezembro de 2020. Os membros da igreja não reconhecem os crimes dos quais são suspeitos.

Nas denúncias, as vítimas era levadas a crer que Paulo Esquerdo recebia um espírito chamado de "Rei Antigo", que tinha o poder de curar doenças em troca de sexo. Seria a forma que levar à "cura interior". Uma das adolescentes fez a denúncia e então a Polícia Civil chegou às demais vítimas identificadas até o momento, que confirmaram as mesmas práticas. Paulo e Rosiane já estão à disposição da Justiça.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA