Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Civil continua tentando desvendar desaparecimento de eletricistas no sul do Pará

Gutemar Pereira, o “Guto”, e Jaime Moura, foram vistos pela última vez, na quarta-feira (13), dentro da fazenda Primavera, na zona rural do município de Rio Maria, fiscalizando um suposto furto de energia

O Liberal

​A Polícia Civil do Pará (PCPA) informou, na tarde desta terça-feira (26), que continua realizando diligências para apurar o desaparecimento dos eletricistas Gutemar Pereira, o “Guto”, e Jaime Moura, da empresa Dínamo, prestadora de serviço para Equatorial Energia em Redenção, no sul do Pará.

“Além de equipes da Superintendência Regional do Alto Xingu, equipes da Divisão de Homicídios, vinculada à Diretoria de Polícia Especializada (DPE), também seguem realizando, diariamente, o trabalho de investigação do caso”, disse a PC.

Na segunda-feira (25), colegas de trabalho dos eletricistas realizaram um ato em frente ao Ministério Público de Marabá, no sudeste do Estado, para cobrar agilidade e esclarecimentos sobre o desaparecimento. Gutemar e Jaime foram vistos pela última vez, na quarta-feira (13), dentro da fazenda Primavera, na zona rural do município de Rio Maria, fiscalizando um suposto furto de energia.

A suspeita é que os eletricistas tenham sido mortos e enterrados nessa fazenda, que fica localizada a aproximadamente 90 quilômetros de Redenção. Durante as buscas, a polícia encontrou bastante sangue próximo ao medidor de energia da fazenda, porém os trabalhadores não foram localizados.

O carro utilizado por eles foi abandonado na estrada que dá acesso ao município de Bannach, também no sul do Pará. Os policiais encontraram o veículo com diversas marcas de tiros e ainda alguns pertences pessoais dos trabalhadores.

​A reportagem entrou em contato com a Equatorial Energia, que informou que segue aguardando informações atualizadas por parte da polícia. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros ​também foram procurados, mas ainda não se posicionaram.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA